Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Diretores explicam a importância do “estalar de dedos” para o futuro do MCU!

Por Guilherme Souza

Como vimos no trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa, o estalar de dedos de Thanos teve consequências muito maiores do que simplesmente apagar metade dos seres vivos do universo. Ao usar as seis Joias do Infinito em conjunto, Thanos abriu fendas entre as realidades, permitindo que seres de outros universos adentrassem no universo dos filmes.

Em uma recente entrevista, os diretores Joe e Anthony Russo afirmaram que o estalar de dedos e a forma como os heróis lidaram com isso durante os eventos de Vingadores: Ultimato, são de extrema importância para o Universo Cinematográfico Marvel. Na verdade, por mais que muitos dos mortos tenham sido trazidos de volta, o filme lidou muito com a aceitação de que eles não iriam voltar e com a aceitação disso.

“Nós estamos aceitando isso, seguindo em frente,” disse Joe Russo. “E essa é uma decisão narrativa bem louca de se tomar, e isso tornará as coisas bem interessantes, porque o universo em que essas histórias acontecem é bem estranho.”

 

Anthony complementa, “O que move a escolha inicialmente era que queríamos que fosse longe o bastante para que nossos personagens principais chegassem em um ponto de aceitação. Eles precisavam aceitar como se fosse a realidade deles.” 

Por mais que eles tenham retornado, levou um período de cinco anos para que isso acontecesse, ou seja, os traumas de Thor, Capitão América, Tony Stark, Viúva Negra, Gavião Arqueiro, Bruce Banner e os outros que sobreviveram continuaram existindo durante esse período.

Fique com imagens de Vingadores: Ultimato em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'