Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Diretores do filme falam o que realmente aconteceu às joias do infinito!

Por Raphael Martins

Atenção: Alerta de Spoilers!

Agora que Vingadores: Ultimato finalmente está entre nós e milhões de pessoas mundo afora puderam conferir como a “saga do infinito” termina, é chegada a hora de algumas perguntas deixadas pelo filme começarem a ser respondidas.

Uma das questões mais pertinentes envolve as joias do infinito, que foram essenciais não só para a história de Guerra Infinita e Ultimato, mas também para todo esse primeiro arco de 22 filmes do MCU.

Em Ultimato, os Vingadores precisam viajar pelo tempo através do reino quântico para reunir as joias do infinito de vários pontos do passado, porque Thanos supostamente teria destruído todas elas no presente após executar sua dizimação. Isso seria uma contradição às palavras da Anciã, que diz ao Hulk que a existência das pedras é essencial para que o universo continue funcionando como o conhecemos.

Se isso é verdade, então como Thanos teria conseguido destruir as joias? E se conseguiu, como o universo continuou seu curso sem nenhuma consequência? Anthony e Joe Russo, diretores do filme, não fugiram da raia e responderam a essa pergunta em um evento feito essa semana nos Estados Unidos.

De acordo com os irmãos, Thanos não havia destruído as joias e nem poderia fazer isso. Ele meramente “as reduziu a um nível atômico”. Deste modo, as joias ainda existiriam no presente do MCU, só que ainda mais perdidas do que estavam antes.

O que isso poderia significar para o futuro do universo cinematográfico da Marvel? As joias ainda poderiam aparecer mais para frente? Deixem suas teorias na nossa seção de comentários!

Confira também alguns cartazes do filme:

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael