Capa da Publicação

Shazam! – Primeiras críticas do filme são positivas!

Por Cristiano Rantin

Falta pouco para termos a estreia de Shazam! nos cinemas e segundo as primeiras críticas do filme, cujo embargo só caiu recentemente, teremos mais um sucesso chegando, o que deve ajudar a consolidar essa nova fase da DC Comics.

Ainda que algumas críticas apontem que o filme não ousa muito, outras são bem diretas ao dizer que o filme é muito engraçado e envolvente, trazendo uma excelente performance de Zachary Levi, que realmente se dedica ao personagem.

Segundo o Screen Rant o filme é bem diferente dos outros longas da DC:

Shazam! É um tipo diferente dos últimos filmes da DC, mas ele é diferente do que Sandberg e Gayden criaram no filme, baseado no ponto de vista de um personagem. Porque Shazam é uma história seriada, faz sentido para o filme ser mais leve, mais bem humorado. Ainda assim, ele possui momentos sombrios e de drama, que na maioria das vezes são bem trabalhados no filme, mesmo que o equilíbrio entre esses momentos não esteja muito certo.” 

Já a Variety ressalta como o longa é engraçado:

Shazam! por outro lado é apenas leve, divertido, pé no chão e uma engajante comédia despretensiosa sobre um garoto no corpo de um (super)homem. O filme, em outras palavras, é ‘Quero ser Grande’. E Zachary Levi é aquele que faz isso funcionar, da mesma forma que Tom Hanks fez [Quero ser Grande funcionar]” 

Segundo o The Guardian, o filme não ousa muito, mas que isso é bem sucedido no filme:
“[Shazam!] mira baixo e na maioria das vezes é bem sucedido nisso. […] É um filme de herói amigável para crianças, mas com energia suficiente para manter seu público-alvo interessado, com uma trama divertida que parece o filho de ‘Quero ser Grande’ com ‘Superman’. Levi possui um charme bobo, se entregando totalmente ao papel.” 

A crítica do Polygon destaca como o filme trabalha toda a loucura da história de origem do herói:

Shazam! abraça todo o absurdo dos elementos da história de origem de Billy Batson – Viagens no metrô, feiticeiros, a mistura de figuras do Cristianismo, Judaismo e Mitologia Grega, um herói que usa uma capa – e obtém sucesso ao nunca agir de uma forma absurda por isso. Eu diria que o filme faz isso de uma forma ainda mais interessante do que Aquaman, apesar do fato de que Shazam! ter colocado todos seus elementos fantásticos no centro de Filadélfia”   

Vox apontou que o roteiro do filme é bem divertido:

“Não é que a flutuabilidade sozinha faz o filme ser tão incrível; diversão nem sempre supera a crueldade. A trilogia do Cavaleiro das Trevas de Nolan é medonha, poderosa e o auge de uma história de super-heróis. Isso, no entanto, é uma matéria de execução, e o roteiro hilário de Shazam e seu compromisso descompromissado com a história do personagem nos quadrinhos é trabalhado para trazer as alegres notas altas que planejava.”  

EW ficou dividida com os protagonistas do filme:

Shazam é basicamente dois filmes em um. Um é com o Levi e seu irmão sabichão […], o outro é com Strong [Silvana] e todo o seu rosnado gerado pelo computador. E ambos estão batalhando pela alma da história. Eu amei um, mas bocejei em outro.  

The Wrap elogiou a leveza do filme, especialmente o trabalho de Levi:
“A linguagem corporal de Levi é bem criativa, já que ele faz um adolescente que não está ainda acostumado a um corpo de adulto, muito menos o de um super-herói”
Importante citar que a nota inicial de Shazam! no Rotten Tomatoes é de 93% de aprovação dos críticos, um número bem alto. Estão animados para assistir ao filme? Comentem!

Fique com imagens do filme na nossa galeria:

Shazam! estreia no dia 4 de abril.

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Mestrando em Comunicação Social pela UEL • Bruxo • Twitter: @ChrisRantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"