Capa da Publicação

[SDCC] Thor 4 – Valquíria pode se tornar primeira heroína abertamente LGBTQ+ do Universo Cinematográfico da Marvel!

Por Gus Fiaux

No painel da Marvel Studios na San Diego Comic-Con 2019, o estúdio não teve pena dos fãs e soltou um calendário cheio de lançamentos pelos próximos dois anos, incluindo filmes e séries do Disney+. Um dos lançamentos que mais pegou o público de surpresa foi Thor: Love & Thunder. O filme vai retratar a ascensão da Poderosa Thor, que por sua vez será Jane Foster (interpretada novamente por Natalie Portman).

No entanto, quem roubou a cena no painel foi Tessa Thompson, que já foi confirmada no filme. A Valquíria vai continuar atuando como Rei de Asgard, e em determinado momento do painel, a atriz deixou bem claro que pretende ser a primeira heroína LGBTQ+ do Universo Cinematográfico da Marvel. 

Ao declarar para o público, ela disse: “Como Rei de Asgard, ela precisa encontrar sua Rainha. Essa será sua primeira missão.” Embora nada esteja confirmado, é esperado que o filme traga um romance para a personagem – e se for o caso, ela realmente se tornará uma pioneira na representação queer dentro da franquia.

Vale lembrar que, em 2017, quando falou sobre sua primeira aparição, em Thor: Ragnarok, a atriz relembra que o diretor do filme, Taika Waititi, havia lhe dito que a personagem seria bissexual, assim como sua versão nas HQs. Uma cena que confirmaria a sexualidade da heroína chegou a ser cortada da versão final do filme, mas com Waititi de volta ao roteiro e à direção, é possível que isso se concretize.

 

Na galeria abaixo, fique com o cartaz do relançamento de Ultimato:

Thor: Love & Thunder chega aos cinemas em novembro de 2021. 

Fonte: The Hollywood Reporter

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux