Capa da Publicação

Pokémon Go – Processo contra o jogo pode acarretar em Pokéstops e Ginásios sendo removidos!

Por Lucas Rafael

A Niantic, desenvolvedora do jogo fenômeno mobile Pokémon Go, atualmente enfrenta um processo que pode colocar em cheque algumas mecânicas fundamentais de seu game. O acordo judicial pode implicar na remoção de Poké Stops e Ginásios presentes no título de realidade aumentada.

O acordo foi preenchido na corte da Califórnia nesta quinta-feira, sendo aplicado para qualquer pessoa que conta com propriedades dentro de 100 metros de uma Poké Stop ou Ginásio. Se a moção for aprovada, a Niantic deverá tomar medidas que visam impedir Poké Stops de serem impostas sob propriedade privada. A empresa ainda terá de colocar em seu site um formulário que serve para pedidos de remoção relacionados à Poké Stops e Ginásios caso estejam num raio de quarenta metros de uma residência ou propriedade privada.

Durante o período de um ano, a Niantic deverá usar “esforços comercialmente razoáveis” para resolver as reclamações e comunicar assim uma resolução dentro de 15 dias para 95% dos casos cada ano.

Além disso tudo, a desenvolvedora deverá manter uma base de dados para estas solicitações de remoção, na qual os pedidos deverão ser mantidos ao menos um ano. A Niantic também deverá se esforçar em não colocar Poké Stops ou Ginásios em propriedades residenciais daqui para frente.

O acordo deverá afetar diversas mecânicas de jogo, incluindo as “Raids“, que abarcam mais de 10 jogadores. A Niantic deverá emitir então um lembrete de educação e respeito dos jogadores em relação ao ambiente real que os cerca durante estes eventos.

A jogabilidade da Pokémon Go em parques públicos também está passiva de alteração para apresentar estes lembretes educacionais de respeitabilidade.

Jeffrey Marder, um dos primeiros a entrarem com o processo em 2016, afirmou o seguinte:

“Pokémon Go encorajou jogadores a invadirem propriedade alheia em busca de Pokémons e Poké Stops, locações do mundo real na qual jogadores podem coletar itens virtuais.”

O que você achou desta treta? Comente!

Fique ainda com as fotos da Zona Safari no Brasil, evento que ocorreu em janeiro, em Pokémon GO:

Pokémon GO está disponível para dispositivos mobile Android e iOS.

Via: Variety

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais