Capa da Publicação

Patrulha do Destino – April Bowlby fala sobre como é interpretar a Mulher-Elástica!

Por Raphael Martins

Patrulha do Destino, a nova série da plataforma DC Universe, parece estar seguindo o caminho de Titãs quando se trata de fazer sucesso. Em pouquíssimo tempo depois da estreia, a atração já é considerada um acerto do serviço de streaming e foi abraçada pelos fãs dos heróis da DC.

A atriz April Bowlby, que interpreta Rita Farr/Mulher-Elástica na série, foi entrevistada pelo site Collider e falou bastante sobre seu papel, suas experiências dentro da produção, sua visão da personagem e curiosidades sobre as gravações.

Sobre a aceitação do público, ela diz:

“Que ótimo! Fico muito feliz! É uma série muito esquisita e peculiar, mas tem bastante humor nela. Eu acho que eles encontraram um bom equilíbrio. Eu não sei como eles fizeram isso, mas eles fizeram e funciona.”

Sobre o roteiro da série, ela foi perguntada se sabia no que estava se metendo antes de topar o desafio:

“Havia muitas perguntas. Todos nós lemos a versão de Grant Morrison de Patrulha do Destino, e quando finalmente recebemos o primeiro roteiro, foi bastante fora da caixinha. Depois de ler pela primeira vez, eu estava nervosa. Estava como ‘Eu não entendi. Como a gente vai fazer isso? É sombrio demais.’ E aí, depois da segunda e da terceira lidas, as ideias começaram a aparecer para mim. Tudo estava trabalhando junto com a escrita, e eu estou muito feliz por isso se traduzir bem na tela.”

Ela também falou sobre o processo de preparação para a personagem, sobre como é entrar na mente de alguém cujo corpo está derretendo:

“Não é tão difícil assim. Eu sinto como se eu pudesse fazer isso, emocionalmente, talvez uma vez a cada duas semanas. Eu assisti Sunset Blvd com a Gloria Swanson e vi as mulheres fortes dos anos 50, que estavam apoiando umas as outras tentando emanar uma energia e qualidade, mas você não pode se apegar a isso porque somos todos apenas seres humanos tentando sobreviver. As rachaduras na superfície começam a cair, e aí você só vira uma bolha e perde o controle.”

Sobre a primeira vez que ela viu como essa cena ficaria, ela falou que se sentiu constrangida e exposta, querendo ajudar sua personagem:

“Há muita vergonha nisso. As pessoas não mostram seus próprios problemas, e é exatamente isso que nós fazemos nessa série. Você vê os problemas das pessoas.”

April Bowlby foi questionada sobre como se sente em relação à sua personagem, e ao que aconteceu com ela, sendo agora obrigada a viver ao lado de pessoas tão esquisitas quanto ela.

“Eu sinto que ela já superou isso. O que é legal sobre a Rita é que ela é muito narcisista. Eventualmente ela se abre para as pessoas, mas isso leva uma temporada inteira. Ela gosta muito de estar no seu próprio espaço, gosta das coisas feitas de uma certa maneira. Ela acredita que o jeito dela é o jeito certo, e se afasta de qualquer coisa que vá contra isso. Ela não tem tempo e nem paciência para isso. Se você tem um problema com ela, ela só olha para o outro lado, ou sai da sala. É uma personagem quebrada e cheia de falhas, e é por isso que é tão divertido vivê-la.”

Sobre os perigos que a Mulher-Elástica e o resto da equipe vão encarar durante a primeira temporada, ela fala que todos aprenderão sobre si mesmos e seus medos para crescerem como um time e como uma família, se tornando super-herói melhores. Ela também disse que a maior força de Rita Farr é sua lealdade às pessoas que ama, estando disposta a matar e morrer para protege-las.

Ao fim da entrevista, perguntaram à atriz se ela já gostava de quadrinhos de super-heróis antes e se já tentou se envolver nesse mundo, que é cada vez mais popular. Ela falou que sim, que queria descobrir a mágica por trás destes personagens tão adorados por milhões de pessoas, mas que não conseguia compreende-los direito até ter a oportunidade de viver uma heroína ela mesma.

Fique com algumas imagens do próximo episódio de Patrulha do Destino na nossa galeria abaixo:

Patrulha do Destino é exibida nos Estados Unidos pela plataforma DC Universe. Por enquanto, não há planos para o lançamento da série no Brasil.

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael