Capa da Publicação

Edward Norton fala sobre saída da Marvel e seu projeto para mais filmes do Hulk!

- – Ele queria um filme mais sombrio pro herói!

Por Evandro Lira → O ator Edward Norton, astro responsável por interpretar Bruce Banner no filme O Incrível Hulk de 2008, falou em nova entrevista sobre os motivos por trás da sua decisão de deixar a Marvel Studios na época.

O filme faz parte da Fase 1 do Universo Cinematográfico da Marvel e trazia Norton no papel principal, com a promessa de vermos ele reprisando o papel alguns anos depois em Os Vingadores. No entanto, o estúdio optou por seguir sem ele e Mark Ruffalo acabou substituindo o ator em todos os outros filmes.

Durante uma conversa com The New York Times Magazine, Edward Norton foi questionado sobre seu atrito com a Marvel, e ele falou pela primeira sobre a razão da sua saída, além de seus planos para mais um filme estrelado pelo Gigante Esmeralda.

“Eu amava os quadrinhos do Hulk. Eu acreditava que eles eram muito míticos. E o que Chris Nolan fez com Batman era o mesmo caminho que eu queria tomar por lá: longo, sombrio e sério. Se havia alguma coisa que eu pensava em fazer, era o Hulk. É literalmente o mito de Prometeus. Eu expus um projeto de dois filmes: a origem, e depois a ideia de Hulk como um sonhador e com consciência, o cara que pode lidar com toda essa viagem. E eles meio que falaram ‘É isso que queremos!’. Mas não era o que eles queriam. Porém eu me diverti muito fazendo isso. Eu me dei bem com Kevin Feige”, disse Norton.

O ator disse ainda que o comunicado lançando pela Marvel sobre sua saída na época não passou de uma atitude defensiva da marca, mas que não abarcava realmente todos os motivos por trás da decisão.

“Sim, [o comunicado] não foi muito digno. Foi uma atitude defensiva da marca ou algo assim. No fim das contas, eles não estavam indo por esse lado sombrio e sério. Mas isso não importa. Tivemos discussões positivas sobre a continuação dos filmes e analisamos a quantidade de tempo que levaria, e eu não estaria disposto. Sinceramente, eu queria mais dinheiro do que eles gostariam de me pagar. Mas não é por isso que eu faria outro filme o Hulk de qualquer maneira. Eu saí e fiz todas as outras coisas que eu queria fazer, e o que Kevin Feige fez é provavelmente uma das melhores execuções de um plano de negócios na história da indústria do entretenimento. Se você é acionista da Disney, você deve estar de pé pelo que eles fizeram.”

O entrevistador perguntou ao astro o que ele achava da qualidade dos filmes da Marvel Studios, questão que Norton optou por não responder.

“Eu não vou comentar sobre isso. Estou dizendo que Kevin teve uma ideia simples e incrível, e isso é algo notável. Mas os filmes não traziam os temas e o tom com o qual eu gostaria de gastar meu tempo…”

O que você achou dos comentários de Edward Norton? Você gostaria de ter visto um segundo filme do Hulk mais sombrio? Comente!

Confira imagens de Vingadores: Ultimato na nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira