Capa da Publicação

Netflix pode diminuir os gastos com suas produções originais no futuro!

Por Guilherme Souza

Para se tornar a potência que é hoje e líder entre as plataformas de streaming, a Netflix teve de desembolsar altas quantias de dinheiro, que proporcionaram a produção de conteúdos originais, contratação de diversos diretores, roteiristas e atores de alto escalão, compra de propriedades intelectuais e afins, mas ao que parece, a plataforma irá reduzir os custos de suas produções originais afim de maximizar os lucros.

De acordo com uma notícia publicada pelo The Information, Ted Sarandos, Chefe de Conteúdo da Netflix, disse para um grupo “substancial” de executivos de cinema e TV que os gastos precisam estar mais focados em compras econômicas daqui em diante. O que resultará em uma mudança nas produções originais que recebem sinal verde da plataforma.

Segundo dados da CNBC, a plataforma apresentou um déficit financeiro de US$ 380 milhões nos quatro primeiros meses de 2019. Isso representa um prejuízo maior em cerca de US$ 100 milhões em relação ao mesmo período de 2018. O que significa que a Netflix está perdendo dinheiro e por isso as mudanças são necessárias.

É claro, ainda veremos a Netflix trabalhando em grandes produções, como por exemplo, os filmes e séries baseados em As Crônicas de Nárnia, contudo, elas serão mais pontuais.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'