Capa da Publicação

Keanu Reeves volta a afirmar que toparia viver o Wolverine nos cinemas!

Por Raphael Martins

Keanu Reeves é uma das figuras mais queridas pelos fãs – e pela internet – da indústria do cinema. Além de apoiar causas positivas em suas redes sociais e de sempre ser flagrado sendo uma pessoa exemplar, fazendo coisas como ir para o trabalho de trem ou dar seu assento para uma idoso, ele ainda emplaca sucesso atrás de sucesso nas telonas.

Após salvar o mundo como o escolhido Neo em Matrix, o ator agora quebra tudo como o ex-assassino e amigo dos cachorros John Wick. O terceiro filme da série, John Wick 3: Parabellum, estreou essa semana fazendo bonito com o público, a crítica e a bilheteria.

O que mais ele poderia querer? Para Reeves, há um papel em especial que ele tem muita vontade de fazer. Em uma entrevista recente, o ator afirmou que adoraria interpretar o Wolverine, o popular membro dos X-Men, vivido até pouco tempo atrás por Hugh Jackman.

Agora, ele volta a afirmar que estaria interessado em dar nova vida ao mutante nas telonas. Em um vídeo feito para o site Buzzfeed, onde ele brinca com cachorrinhos e responde perguntas selecionadas de fãs, ele foi perguntado sobre que personagem ele gostaria de interpretar:

 “Eu não sei. Quando eu era criança, eu sempre quis ser o Wolverine, então, o Wolverine.”

Keanu Reeves é um ator versátil, que se adapta a qualquer papel. Já fez comédias como Bill & Ted: Uma Aventura Fantástica, suspenses como Advogado do Diabo e até se aventurou pelo mundo das artes marciais com O Homem do Tai Chi. Então, o Wolverine não seria um problema para ele.

O que vocês achariam de um Wolverine interpretado por Keanu Reeves? Deixem seus comentários!

Fique com cartazes de John Wick 3: Parabellum na nossa galeria:

John Wick 3: Parabellum está em exibição nos cinemas.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael