Capa da Publicação

Homem-Aranha: Longe de Casa – Diretor diz que trapaceou para aumentar o nível da ameaça do filme!

Por Lucas Rafael

Atenção: Alerta de Spoilers!

Como criar uma atmosfera épica após o estouro que foi Vingadores: Ultimato? Homem-Aranha: Longe de Casa tinha a difícil tarefa de dar continuidade ao Universo Cinematográfico Marvel após um dos maiores filmes do estúdio. Segundo o diretor Jon Watts, ele conseguiu criar uma ameaça digna dos Vingadores usando uma trapaça.

Em entrevista à Polygon, Watts afirmou ter usado das artimanhas de Mysterio para criar um tom alarmista em Homem-Aranha: Longe de Casa, estabelecendo uma ameaça séria à princípio, mas que no fim, não passava de um jogo de cortina e fumaças orquestrado por Quentin Beck.

“Eu trapaceei um pouco ao colocar um monte de vilões falsos na primeira metade do filme para fazê-lo enfrentar e ‘derrotar’,”

Watts continuou, afirmando que o grande poder de Mysterio é a ilusão:

“Acho que a coisa assustadora sobre Mysterio é sua habilidade de moldar a realidade e controlar a verdade, fazendo isso de maneira que as pessoas não saibam o que é real do que não é.”

E aí, você realmente acreditou que os Elementais eram a principal ameaça do longa? Comente!

Fique com imagens de Homem-Aranha: Longe de Casa, novo filme da Marvel, em nossa galeria:

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais