Capa da Publicação

Guardiões da Galáxia – Dave Bautista, o Drax, esclarece os comentários de que deixaria a franquia!

Por Guilherme Souza

Desde que James Gunn foi demitido da direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3, Dave Bautista, intérprete do Drax na franquia, tem sido o maior defensor do cineasta e ficou ao seu lado durante todo o tempo em que Gunn esteve afastado do projeto.

Em dado momento, Bautista chegou a declarar que gostaria de ser liberado da franquia, caso Gunn não retornasse. Com Gunn escalado para dirigir o novo filme do Esquadrão Suicida, muitos assumiram que Bautista queria ser liberado do contrato com o Marvel Studios para que pudesse trabalhar com Gunn no novo filme da DC, mas em uma recente entrevista, o ator declarou que esse não foi o caso e que ele apenas queria demonstrar seu apoio a Gunn.

“Não, não era como se eu fosse abandonar o barco pra fazer Esquadrão Suicida,” admite Bautista. “Eu estava mais de uma maneira tipo, ‘Me demitam. Eu não me importo. Vocês vão ouvir o que tenho a dizer.’ E essa é a maneira que me sinto e eu acho que vocês interpretaram errado, mas eu não me importo se me demitirem, porque é assim que eu me sinto. Esse sou eu sendo honesto e lutando pelo meu amigo que foi mal interpretado.'”

 

“Então foi isso. Não era sobre mim — Eu não estou ameaçando ir fazer Esquadrão Suicida, mas só estava dizendo, ‘Se as coisas não mudarem, eu vou embora. Eu não quero fazer parte disso.'”

O apoio de Bautista, de outros profissionais da indústria e dos fãs, acabaram resultando na recontratação de Gunn, que poderá concluir sua visão para os Guardiões.

Fique com imagens de Homem-Aranha: Longa de Casa, próximo lançamento da Marvel nos cinemas:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'