Capa da Publicação

Game of Thrones – George R. R. Martin diz que reação dos fãs ao final da série não vai alterar seus planos para os livros!

Por Evandro Lira

O escritor George R. R. Martin, criador dos livros que originou o fenômeno da HBO, Game of Thrones, deixou claro que as reações negativas dos fãs quanto ao final da série não farão diferença diante do seu planejamento para a conclusão dos livros.

Com o término da série em maio desse ano, diversos fãs passaram a especular a maneira como Martin encerraria As Crônicas de Gelo e Fogo, afinal, dois livros separam a série de TV dos romances, que estão sendo publicados desde 1996.

“A internet afeta tudo isso até certo ponto, mas nunca afetou tanto quanto antes”, Martin diz à EW quando perguntado sobre a reação dos fãs à temporada final. “Como o parentesco de Jon Snow. Havia indícios sobre [quem os pais de Snow eram] nos livros, mas apenas um leitor em 100 reuniu eles. E, antes da internet, tudo bem – para 99 leitores em 100, quando o parentesco de Jon Snow foi revelado, seria: “Ah, isso é uma grande reviravolta!” Mas na era da internet, mesmo que apenas uma pessoa em 100 descubra, ela publica online e as outras 99 pessoas lêem e dizem: ‘Ah, isso faz sentido’. De repente, a reviravolta que você está construindo está por aí. E há uma tentação de mudar isso [nos próximos livros] – “Ah meu Deus, está errado, eu tenho que inventar algo diferente”. Mas isso não está certo. Porque você está planejando um certo final e, de repente, mudar de direção só porque alguém descobriu, ou porque elas não gostam, estraga toda a estrutura. Então não, eu não leio os sites de fãs. Quero escrever o livro que sempre quis escrever o tempo todo. E quando sair eles podem gostar ou não gostar.”

Martin conta que assistir aos últimos anos do programa enquanto escrevia o sexto livro da série foi uma experiência um tanto quanto estranha.

“Os últimos três anos foram estranhos, desde que o programa ficou à frente dos livros”, diz ele. “Sim, eu contei [aos showrunners David Benioff e Dan Weiss] várias coisas anos atrás. E algumas delas, eles fizeram. Mas, ao mesmo tempo, é diferente. Eu tenho ideias muito fixas na minha cabeça enquanto estou escrevendo Ventos de Inverno, em termos de para onde as coisas estão indo. É como duas realidades alternativas que existem lado a lado. Eu tenho que me desdobrar e fazer a minha versão, que é o que eu tenho feito.”

Quando perguntado sobre o nível de pressão que ele sente agora que a série da HBO acabou, Martin explica que a pressão, na verdade, chegou alguns anos atrás.

“Eu senti uma quantidade enorme de pressão por anos”, diz ele. “A maior pressão que senti foi há alguns anos, quando eu estava desesperadamente tentando ficar à frente da série. Houve um momento em que o programa foi lançado em abril e meus editores disseram que, se eu pudesse terminar o livro até dezembro, eles se apressariam. A pressão que senti naquele outono foi a maior pressão que eu já senti e, em determinado ponto, ficou evidente que eu não terminaria o livro até lá. Eu não quero apenas terminar, eu quero fazer o melhor que eu puder. Desde então, tem havido pressão, mas não como naquele momento. Não há mais uma corrida. A série acabou. Estou escrevendo o livro. Ele será lançado quando eu terminar.”

Há alguns meses, George R. R. Martin prometeu aos fãs que The Winds of Winter, aguardada continuação de A Dança dos Dragões, lançado em 2011, será publicado até meio de 2020.

O que você achou das declarações de Martin? Será que o final dos livros será muito diferente? Deixe seu comentário!

Fique com imagens da série na nossa galeria:

Game of Thrones pode ser vista no HBO Go!

Fonte: EW

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira