Capa da Publicação

Executiva da Marvel fala sobre a possibilidade de vermos o passado de Thanos no cinema!

Por Raphael Martins

Durante vários anos, filme após filme, os fãs das produções cinematográficas da Marvel tinham a mesma reclamação: os vilões não eram bons ou marcantes o suficiente. Mas tudo mudou com a chegada de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita.

O personagem já havia aparecido em outros filmes da casa das ideias, mas sempre com pouco destaque, participando dos acontecimentos por trás das cortinas. Foi no terceiro filme dos Vingadores que ele realmente mostrou a que veio.

O vilão foi um dos personagens mais complexos e bem construídos de todos os 22 filmes do Marvel Studios, e tinha tanto carisma que muita gente até torcia por ele. Mas em Vingadores: Ultimato, ele encontrou seu fim nas mãos dos maiores heróis da Terra.

Entretanto, talvez seja cedo demais para dizermos adeus ao titã louco. Os fãs ainda tem a esperança de que a infância de Thanos possa ser mostrada nas telonas, e talvez eles não estejam sozinhos quanto a isso.

Em uma sessão de perguntas e respostas no site Reddit, Victoria Alonso, Vice-presidente Executiva de Produções do Marvel Studios, revelou que gostaria de ver mais sobre o passado do personagem em futuras produções do MCU:

“Para ser honesta com vocês, eu sempre estive interessada na infância de Thanos. E embora eu não saiba se nós veremos isso em um de nossos filmes, eu acho que é importante saber como ele se tornou quem era.”

Com Os Eternos em estado atual de pré-produção, essa parece a oportunidade perfeita para que o passado do grande vilão do MCU seja melhor explorado. E vocês, acham que essa seria uma boa ideia? Deixem seus comentários!

Na nossa galeria abaixo, você vê vários cartazes de Vingadores: Ultimato:

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael