Capa da Publicação

Coringa – Diretor diz que a “militância” é culpada por filmes de comédia não fazerem sucesso!

- – Será que falou demais?

Por Guilherme Souza → Antes de se tornar um diretor conhecido pelo filme do Coringa, Todd Phillips construiu seu nome em Hollywood através da franquia “Se Beber, Não Case!”, que embora tenha um primeiro filme bem aceito pela crítica e público, o mesmo não pode ser dito de suas outras duas sequências.

Em uma recente entrevista, Phillips falou sobre os motivos que fizeram com que ele abandonasse os filmes de comédia e como a “militância” tornou mais difícil o trabalho em filmes desse gênero.

“Vá tentar ser engraçado hoje em dia com essa militância toda,” disse Phillips. “Existem artigos que explicam porque as comédias não funcionam mais – eu te digo o motivo, é porque todos os malditos caras engraçados estão tipo ‘F***-se essa m****, porque eu não quero te ofender.’ É difícil discutir com 30 milhões de pessoas no Twitter. Você simplesmente não consegue, certo? Então você pensa, ‘Chega.’ Eu parei com isso e quer saber? Todas as minhas comédias – eu acho que é isso que as comédias em geral têm em comum – elas são irreverentes. Então eu penso, ‘Como eu faço algo irreverente, mas dane-se a comédia? Ah, eu sei, vamos pegar o universo dos filmes de quadrinhos e virar isso de cabeça para baixo.’ E foi assim que eu comecei a trabalhar na ideia do filme do Coringa.” 

Em contrapartida às declarações do cineasta, vemos muitos filmes de comédia, tais como “A Noite do Jogo“, “A Morte te dá Parabéns” e até mesmo “Deadpool“, sendo lançados nos cinemas e que obtiveram muito sucesso sem precisar necessariamente ofender alguém para dar certo.

Fique com imagens de Coringa em nossa galeria:

O filme chega aos cinemas em 3 de outubro.

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'