Chris Hemsworth, o Thor, diz como ajudou Tom Holland a conseguir o papel do Homem-Aranha!

Capa da Publicação

Chris Hemsworth, o Thor, diz como ajudou Tom Holland a conseguir o papel do Homem-Aranha!

Por Raphael Martins

Em 2015, para a mais absoluta surpresa de todos os fãs dos filmes da Marvel, o Homem-Aranha surgiu no universo compartilhado da casa das ideias, roubando a cena no trailer de Capitão América: Guerra Civil, onde fez sua primeira aparição.

Vivido por Tom Holland, o jovem Peter Parker é recrutado por Tony Stark para se opor a facção do Capitão América, em uma cena de luta sensacional em um aeroporto que fez história no UCM. Depois disso, o herói ganhou seu primeiro filme naquele universo, Homem-Aranha: De Volta ao Lar.

Mas se não fosse pela ajuda de um outro Vingador, a história talvez tivesse sido diferente. Em uma entrevista recente, Chris Hemsworth, que vive o Thor no cinema, revelou que deu uma forcinha para que Tom Holland ficasse com o papel.

Ao site Entertainment Tonight, Hemsworth conta como ajudou o amigo a conquistar o papel:

“Quero dizer, olha, nós trabalhamos em No Coração do Mar juntos, obviamente, e aí durante Vingadores, enquanto eles o escalavam para o Homem-Aranha, eu fiz o que pude e fiz uma ligação e disse que ele é uma das pessoas mais talentosas com quem já trabalhei, que tem um grande coração e gratidão. Não sei, nós temos uma grande amizade, é um bom respeito mútuo.”

Embora não tenham tido a chance de interagirem muito nos filmes da Marvel, o ótimo relacionamento dos dois pode ter sido determinante para Tom Holland ter conseguido o papel. Dizem que quem tem um amigo, tem tudo, e isso parece se confirmar também nesse caso.

Confira também imagens de Homem-Aranha: Longe de Casa, próximo filme do amigão da vizinhança:

Homem-Aranha: Longe de Casa estreia em 4 de julho.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael