Chefe da divisão de games da Microsoft fala sobre a parceria com a Sony!

Capa da Publicação

Chefe da divisão de games da Microsoft fala sobre a parceria com a Sony!

Por Raphael Martins

No mês passado, Sony e Microsoft pegaram todos os entusiastas de games de surpresa ao anunciarem uma outrora impensável parceria, onde as duas gigantes da tecnologia unirão forças para, possivelmente, melhorar a experiência de jogadores do mundo inteiro.

Inicialmente, o plano é que a parceria dê origem a novas e melhores plataformas direcionadas a criação de conteúdo por parte dos jogadores, assim como integrar as tecnologias de inteligência artificial do para criar experiências mais intuitivas e fáceis de usar. Também é esperado o crossplay entre os dois consoles, ou seja, jogadores de Xbox One e Playstation 4 jogando o mesmo game online simultaneamente.

Em uma entrevista recente ao site Kotaku, Phil Spencer, presidente da divisão Xbox da Microsoft, deu mais detalhes sobre essa surpreendente parceria:

“Deveríamos começar, só para deixar tudo claro, que isso é um memorando de entendimento. É o começo de um tipo de conversação. A Sony e o Azure olhando para o futuro dos jogos na nuvem. Nós olhamos para o que vocês vão precisar para ser uma futura plataforma de jogos – conteúdo, comunidade e nuvem são coisas nas quais nós nos focamos – e há apenas algumas companhias no planeta que realmente tem nuvem em alcance global para alcançar os jogadores em todo lugar. Hoje, elas seriam nós e a Amazon em termos de escala. O Google está construindo sua nuvem.”

Spencer também falou sobre como as essas parcerias ajudam a fortalecer ainda mais tanto sua marca quanto o mercado de games como um todo:

“Isso é uma coisa boa para nós – você pode focar na Sony, você pode focar em um monte de empresas – nós temos essa coisa chamada Microsoft Game Stack. Nós a anunciamos na GDC: é o DirectX, o Windows Studio, o Azure. Até o Phil Harrison [do Google], quando estava no palco anunciando o Stadia, estava mostrando o Havok, mostrando o Digital Studio, mostrando coisas que nós construímos – nós teremos componentes de plataforma, como Microsoft e como nossa organização de jogos que nossos competidores usam. Nós pensamos sobre a força que nós ganhamos enquanto nossa plataforma cresce, e ter grandes parcerias com empresas de games nos ajudando a fazer a força dessa plataforma crescer é importante para nós.”

Com essa parceria entre Sony e Microsoft no horizonte, bem como o advento da chegada do Google Stadia, o futuro dos games parece certamente bastante promissor.

Veja também:

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael