Capa da Publicação

Capitã Marvel e Vampira se tornam um só ser nos quadrinhos!

Por Raphael Martins

Não é só nos cinemas que Carol Danvers está tendo que encarar altos desafios recentemente. Nos quadrinhos, a vida da personagem também não anda nada fácil, já que em seu título solo ela está presa em uma versão distópica de Nova York junto de outros heróis, entre eles a Vampira, membro importante dos X-Men.

Em Captain Marvel #4, a mais nova edição da HQ da personagem, o Homem-Nuclear, grande vilão da história, prendeu todos esses heróis nesta dimensão e mantém Vampira sob seu controle através de um colar. Para decidir quem será sua futura esposa, ele joga a Capitã Marvel em uma arena e a obriga a lutar contra a mutante, que pouco pode fazer contra o controle do inimigo.

Apesar de derrubar Vampira repetidas vezes, a Capitã pouco pode fazer contra seus poderes de drenagem de energia, que a enfraquecem cada vez mais. Mas durante a luta, Carol percebe que Vampira ainda está tentando resistir ao controle mental do vilão, podendo se comunicar telepaticamente com ela em um certo nível. Elas então decidem fazer uma jogada arriscada.

A Capitã deixa mutante absorver a maioria de seu poder de propósito, o que também inclui suas memórias. O plano maluco acaba dando certo, e o resultado é uma espécie de “fusão” entre a Capitã Marvel e a Vampira, que agora tem poder para lutar contra o controle mental do Homem-Nuclear e se livra facilmente de seu colar, pronta para o contra-ataque.

Essa não é a primeira vez que isso acontece. Durante os eventos da saga Programa de Extermínio, a parte da Capitã que ainda estava presa na Vampira assume o controle depois de um grande trauma da mutante e passa a agir controlando o corpo.

Confira o resultado da fusão entre as duas heroínas na nossa galeria abaixo:

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael