Capa da Publicação

Antigo sócio de Stan Lee está sendo processado por abuso de idosos!

Por Guilherme Souza

Stan Lee, lenda dos quadrinhos da Marvel comics, faleceu em novembro de 2018, porém suas finanças continuam em andamento, bem como processos judiciais e investigações abertos por ele antes de sua morte.

Em abril do ano passado, surgiram relatos de que Keya Morgan, antigo sócio de Lee, estava abusando fisicamente e financeiramente do roteirista, com isso, em julho, uma ordem de restrição contra Morgan foi aprovada por um juiz federal, mas o caso de abuso continuou sendo investigado, Agora, novidades sobre o caso foram divulgadas.

De acordo com o TMZ, um mandado de prisão contra Morgan foi emitido, sob a acusação de abuso e maus tratos.

“Foi em julho quando a equipe jurídica de Lee entrou com o processo para pedir a ordem de restrição contra Morgan,” afirma o TMZ. “Nos documentos, os advogados de Stan afirmam que Morgan tratou de maneira indevida mais de US$ 5 milhões do dinheiro de Stan e fez com que eles sofresse punições físicas e mentais severas por causa de Morgan. O documento também afirma que Keya tentou isolar Stan de sua família e o transferiu para um lugar sigiloso.” Um mandado de prisão para Morgan foi emitido.

A ação está sendo encabeçada pela filha de Lee, que também foi influenciada pelas ações de Morgan na vida do pai.

Fique com imagens de Vingadores: Ultimato, último filme em que vimos Lee.

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'