Capa da Publicação

X-Men – Tempestade perde grande aumento que teve em seus poderes nas HQs!

Por Gus Fiaux

Atenção: Alerta de Spoilers!

Há algumas semanas, todos os fãs ficaram felizes em descobrir que a Tempestade havia ganhado novamente o Conjurador de Tormentas, seu martelo asgardiano. No entanto, essa era divina da heroína mutante parece ter chegado novamente ao fim nas páginas de X-Men Gold #35, que encerrou o arco “Godwar”.

Na história, vemos a heroína lutando com o demônio Uovu, que possuiu todo o vilarejo em que ela cresceu, no Quênia. Para ajudar Ororo, a matriarca que a “criou”, Ainet Mwangi conjurou o martelo, que foi usado até seu limite. Ao fim da batalha, a X-Woman consegue se provar vitoriosa, mas sua arma dissolve e se transforma em pó.

Vale lembrar que a história do martelo místico é cheia de altos e baixos, com a heroína sempre o encontrando e o utilizando por um breve período, se transformando na Deusa do Trovão. Da última vez que ela utilizou a arma encantada, na minissérie X-Men: Servir e Proteger, o martelo chegou a ser completamente destruído em uma batalha contra Thor. 

Isso faz com que muitos fãs acreditem que essa “nova” versão do martelo, convocado por Ainet, talvez seja proveniente de algum universo – e chegou à Terra-616 após as Guerras Secretas, assim como aconteceu com o Mjölnir da Terra Ultimate. 

É difícil dizer que isso não era esperado, tendo em mente a natureza cíclica dos quadrinhos da Marvel Comics. Por outro lado, é apenas uma questão de tempo até a heroína encontrar novamente o mesmo martelo – ou uma nova versão dele, para que possa usá-lo novamente para um breve combate.

Abaixo, fique com imagens das edições anteriores, onde vemos a heroína em posse do martelo asgardiano:

X-Men Gold #35 está à venda nas bancas norte-americanas. Ainda não há previsão de publicação no Brasil.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux