Capa da Publicação

Venom – Sucesso do filme pode impedir que Homem-Aranha e seus vilões voltem para a Marvel!

Por Gus Fiaux

Neste ano, muitos estavam convencidos de que Venom seria uma bomba nas bilheterias. No entanto, o longa – que é o primeiro de um universo compartilhado de anti-heróis da Sony – acabou fazendo um grande sucesso. Agora, o analista de bilheterias Jeff Bock fez uma pesquisa a respeito do lucro financeiro do longa – e como isso ameaça a presença do Homem-Aranha no Universo Cinematográfico da Marvel.

Antes de mais nada, é preciso lembrar que o herói aracnídeo nunca “voltou” de verdade para a Marvel Studios. Sua participação nos filmes da franquia parte de um acordo entre a Marvel e a Sony, tanto que os longas solos do herói, em vez de serem distribuídos pela Disney, são lançados pela Sony. Ainda assim, muitos acreditavam que Venom poderia ser um fracasso de bilheteria, por não fazer parte do UCM.

Contudo, o filme surpreendeu com seu lançamento, e recentemente passou dos US$ 500 milhões arrecadados na bilheteria mundial – um completo sucesso, dentro dos padrões moderados de Hollywood. Agora, é quase confirmado que o longa vai ganhar uma continuação, apesar de seu baixo desempenho na crítica.

De acordo com Bock, caso o filme tivesse fracassado, “A Sony estaria agora barganhando uma venda dos personagens para a Disney, uma vez que o estúdio não anda muito bem das pernas nos últimos anos. No entanto, com o sucesso, “parece que a Disney precisa mais do Homem-Aranha do que a Sony precisa da Disney“.

Segundo o analista, isso pode colocar em risco o futuro do Homem-Aranha no UCM. Caso quisesse, a Sony poderia simplesmente largar o acordo com a Disney para inserir o herói em seu próprio universo de anti-heróis. Dessa forma, o futuro pós-Vingadores 4 Homem-Aranha: Longe de Casa pode ser bem sombrio para o personagem.

Na galeria abaixo, fique com algumas imagens do filme solo do Venom:

Venom está em cartaz nos cinemas!

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux