Capa da Publicação

Venom – Diretor fala sobre os quadrinhos que inspiraram o filme e a violência do personagem!

Por Gus Fiaux

Enquanto a Marvel Studios esbanja o Homem-Aranha em aventuras mais amigáveis, a Sony está decidida a trazer o Venom em toda sua glória sanguinária para os cinemas. Após um painel polêmico na SDCC 2018, que deixou os fãs bem divididos, o longa continua tendo novidades graças ao seu diretor, Ruben Fleischer, que tem participado de diversas entrevistas.

Ao ser entrevistado pela MTV, o diretor pôde falar mais a respeito de como os quadrinhos tiveram um papel fundamental na construção da história do longa. Ele deixou claro que, apesar do Homem-Aranha não estar presente, a história carrega uma presença muito marcante da saga Protetor Letal, quando o Venom fez um acordo com o herói aracnídeo e foi morar em São Francisco, defendendo a cidade.

“O cânone do Venom é bem extenso, então tentamos – ao longo do processo do roteiro – escolher um caminho. E teremos vários desafios únicos sobre os quais eu não vou entrar em detalhes, no que diz respeito a estabelecer essa versão do filme do Venom. Mas ‘Protetor Letal’ se passa em São Francisco, onde o nosso filme se passa. É o primeiro de uma franquia do Venom. Digo, o Homem-Aranha não aparece aqui, mas é uma história conduzida totalmente pelo Venom. E então pegamos várias coisas de outras HQs diferentes. Ao fazer o filme, eu senti a responsabilidade de ser o mais autêntico o possível aos quadrinhos, dada algumas limitações. E eu acho que fizemos um bom trabalho, especialmente a respeito do tom, porque sinto que ressoa muito bem com o Venom. Sem falar de particularidades, é realmente sobre esse personagem. E quando você pensa sobre o que ele é e qual a relação entre ele e Eddie [Brock], foi exatamente nisso que nos focamos.”

Além disso, ele também conversou com o Comic Book, e foi questionado a respeito do teor de violência do filme. Como nós sabemos, o Venom é um personagem bem brutal nas HQs, que já protagonizou momentos cheios de gore e violência explícita. E segundo Fleischer, podemos nos assegurar de que o longa vai respeitar esses traços das HQs do personagem:

“O plano é esse, que o filme seja violento. O plano não, já que o filme é assim. Nosso filme quer honrar os quadrinhos de melhor maneira possível. Nos quadrinhos, ele arranca cabeças e come cérebros. Seria muito estranho fazer um filme do Venom aonde isso não acontecesse. Esse é definitivamente o personagem mais violento e sombrio da Marvel que existe. Nós realmente queremos honrar os quadrinhos e eu sinto que nós fizemos um bom trabalho.”

Pelo visto, o diretor está fazendo de tudo para tranquilizar os fãs a respeito da fidelidade do personagem à sua essência original nos quadrinhos. Ainda assim, o público não está muito confiante, ainda mais levando em conta que o filme do personagem não terá relação nenhuma com as novas aventuras cinematográficas do Homem-Aranha. 

Abaixo, fique com imagens do longa:

Venom está em cartaz nos cinemas.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux