Capa da Publicação

Venom – Diretor do filme explica a ausência do símbolo da aranha no peito do personagem!

Por Mike Sant'Anna

O filme do Venom, continua animando e deixando as pessoas ansiosas para o seu lançamento, mas, ao mesmo tempo que está animando, está deixando todo mundo curioso e um tanto quanto confuso com algumas informações. Desde o anúncio do filme, não ficava muito bem claro se ele faria parte ou não do UCM, se teria a presença de Tom Holland, ou como teríamos um Venom sem Homem-Aranha.

Embora muita coisa tenha sido esclarecida, algumas coisa ainda permanecem como uma incógnita. Outro exemplo disso, é o fato de que na sexta-feira, durante a San Diego Comic Con, nós descobrimos que o traje completo do personagem não contará com o famoso símbolo branco de Aranha estampado no peito. O diretor do filme, Ruben Fleischer, comentou um pouco mais sobre o motivo que levou a equipe criativa à tomar esta decisão:

“Se você olhar para os quadrinhos, em Venom, há apenas elementos de branco no traje. Como nosso personagem não é originário do Homem-Aranha, não faz sentido colocar uma aranha no peito. Tentamos ser o mais precisos possível, mesmo que algumas pessoas achem que é impreciso, mas há muita coisa branca e nós queríamos dar a ele um padrão distinto “.

O diretor inclusive fala sobre como é complicado trabalhar com um personagem que tenha um traje todo preto, o que provavelmente deve preocupar alguns diretores do Batman também. Além disso ele mostrou qual é a alternativa para substituir a aranha do peito:

“Se você tem um personagem totalmente preto, especialmente em cenas noturnas, ele simplesmente desaparece. Como não pudemos usar o símbolo do Homem-Aranha, queríamos dar a ele outro elemento gráfico, e aquelas veias que meio que geram uma forma em seu peito era uma ideia original que nós pensamos que parecia muito legal “.

Veja imagens de Venom em nossa galeria:

Venom está em cartaz nos cinemas.

Fonte: CBM

Imagem de perfil
sobre o autor Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.