Capa da Publicação

Testamos na BGS 2018 – Super Smash Bros. Ultimate é obra de arte em quatro sopapos!

Por Felipe Vinha

Pikachu prepara seu golpe final, enquanto Little Mac tenta escapar da morte certa no abismo e, ao mesmo tempo, Solid Snake alcança um item que pode virar a jogada. Lá, ao fundo, Link acabou de ser eliminado, enquanto sua resistência a golpes estava em nível máximo.

Esta é uma cena comum de qualquer Super Smash Bros., mas em Super Smash Bros. Ultimate ela fica ainda mais intensa. E “intensidade” parece ser a palavra-chave do jogo. Pudemos testar o próximo lançamento da série no Switch dentro da Brasil Game Show 2018, a portas fechadas, e ficamos impressionados após uma partida.

Primeiro de tudo, tenha em mente que este não é apenas uma “skin” de Super Smash Bros. Wii U, ou algo do tipo. As primeiras imagens e vídeos podem até passar esta impressão, mas basta jogar um pouco para derrubar isso tudo por terra.

Os controles, melhores do que nunca, funcionam muito bem e se comportam como deve ser em um “Smash”. O jogo se comporta de maneira caótica, mas em um bom sentido. Tudo flui muito bem, ainda que os jogadores mais iniciantes possam ficar perdidos por alguns momentos iniciais. Nada comprometedor.

Não é exagero dizer que o “Ultimate” do nome se traduz, de fato, em algo “definitivo” ou “supremo”. Seja pela quantidade de personagens, cenários, trilha sonora ou itens utilizáveis dentro do jogo. Porém, ele vai além de consegue se adaptar ao estilo do jogador – qualquer jogador. E equilibrar isso tudo é o que torna este Smash em uma obra de arte.

Testamos apenas uma luta, mas acompanhamos outra. Vimos que as pessoas se divertiam, independente de seu nível de especialização em Super Smash Bros., e isso é muito valioso em um game deste tipo. Nunca antes uma troca de socos e sopapos foi tão fácil, acessível e bem trabalhada ao mesmo tempo.

Isso, claro, descontando a qualidade gráfica, de alto nível, e toda a seleção de lutadores. Quem já joga Smash vai se sentir em casa, mas o game parece fazer questão de abraçar novatos e dizer “sou seu amigo” em todos os momentos – ainda que, sim, também permita boas saídas para quem é experiente e que saiba alguns truques.

A ansiedade já era real desde que Super Smash Bros. Ultimate foi anunciado. Agora, depois de testá-lo, queremos que o dia 7 de dezembro chegue logo. Nossos Switch já estão prontos!

Veja ainda imagens de Super Smash Bros. Ultimate:

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha