Capa da Publicação

Stephen Hawking, físico, escritor e ícone nerd, morre aos 76 anos

Por Chris Rantin

O mundo amanhece enlutado nesta quarta-feira, depois que a morte de Stephen Hawking, 76, foi confirmada na madrugada de ontem. Ele lutou por muitos anos com a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa sem cura.

Hawking era uma lenda viva, sendo um dos principais físicos da nossa era, sendo o responsável por diversos avanços nos campos da cosmologia e física, falando principalmente da natureza da gravidade e a origem do universo.

Hawking também era conhecido por ter um humor mordaz, sempre colocando uma piada em suas falas durante as entrevistas, além de ter participado de diversos filmes e séries como ele mesmo, muitas vezes fazendo comédia.

Lucy, Robert Tim, filhos de Hawking, declararam ao Guardian nas primeiras horas de hoje que: “Nós estamos profundamente entristecidos que nosso amado pai tenha falecido hoje. Ele era um cientista incrível e um homem extraordinário cujo trabalho e legado vai viver por muitos anos. Sua coragem e persistência com sua inteligencia e humor inspirou pessoas ao redor do mundo. Uma vez ele disse: ‘O universo não seria grande coisa se ele não fosse a casa das pessoas que você ama.’ Nós vamos sentir a falta dele pra sempre.”

Veja também:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"