Sabe porque Pantera Negra precisa e merece ganhar o Oscar?

Capa da Publicação

Sabe porque Pantera Negra precisa e merece ganhar o Oscar?

Por Felipe Vinha

Pantera Negra era um filme que precisava acontecer. Não só por sua importância histórica, mas por dividir algumas águas no ramo dos cinemas de super-heróis. A Disney, confiante, indicou a produção para as 16 categorias da Academia, na cerimônia do Oscar, e achamos que o longa merece ganhar, pelo menos, uma boa parte deste número – chegando a sonhar com o pódio de “Melhor Filme”.

Neste artigo eu não vou abordar as questões raciais ou de representatividade por dois motivos: primeiro que não é meu lugar de fala, segundo que outras pessoas já falaram bastante, e muito bem, a respeito destes pontos. Aqui vou apontar para algo até mais simples e direto: o fator “filme de quadrinhos”.

É comum que as próprias histórias em quadrinhos sejam um nicho marginalizado e menosprezado por boa parte do público literário. Por mais que autores renomados existam, a exemplo do próprio Stan Lee, ou de nomes mais “recentes”, como Alan Moore ou Grant Morrison, as HQs não são tão levadas a sério em muitos aspectos.

Isso melhorou bastante com os filmes de heróis. Elas passaram a serem mais aceitas e até cultuadas como grandes ícones da cultura pop moderna. Mesmo assim, as produções para o cinema, em muitos casos, estão fadadas a premiações de menor expressão cultura, se é que podemos classificar desta forma, como as de emissoras de TV ou apenas envolvendo o público jovem como principal público votante.

Não há um motivo exato para que isso ocorra. Claro que, durante muito tempo, os quadrinhos foram uma mídia principalmente direcionada ao público infantil, e por isso carregam este estigma, desde então. Mas, como já citei, isso tem mudado bastante, enquanto produções como Pantera Negra são responsáveis, e muito, por esta mudança.

Quanto T’Challa estreou nas telonas com seu filme próprio, ele já era conhecido por ter participado de uma produção anterior da Marvel. Ajudou também o fato de o elenco ser simplesmente estelar, com alguns dos principais nomes do cinema: Chadwick Boseman, Lupita Nyong’o, Michael B. Jordan, Daniel Kaluuya, Letitia Wright, Angela Bassett, Forest Whitaker, Danai Gurira, entre outros. Podemos dizer que a Marvel acertou em cada aspecto da escalação, mesclando nomes que não eram tão conhecidos, mas que seguraram muito bem seus papeis, com outros já consagrados em Hollywood.

Isso ajudou na absorção da mensagem. Além de trazer lições importantes sobre a representação de toda uma etnia, os cuidados que a produção demonstra também serviram para angariar cada vez mais o público que não via os quadrinhos como uma grande coisa, ou algo que não merecia sua atenção. E, cara, deu certo. Como deu certo.

Pantera Negra é um dos filmes mais bem avaliados da Marvel em todos os tempos. Sua arrecadação nos cinemas chega bem perto de Guerra Civil, com US$ 1,3 bilhão de dólares. Mais do que o suficiente não só para se pagar, mas também para garantir uma continuação.

E aí entram aspectos técnicos, como figurino, narrativa, interpretações do elenco, cenas de ação, som, entre outros fatores. Somando tudo isso, com o produto que vimos nas telonas, é mais do que necessário que Pantera Negra seja agraciado com algumas estatuetas relevantes, principalmente em relação ao seu incrível elenco, mas também pela qualidade geral do filme. Por que não, “Melhor Filme”?

Isso ajudaria não apenas as causas que Pantera Negra levanta, mas também serviria para diminuir a eterna birra que as premiações relacionadas a Hollywood têm com filmes de super-heróis e material fantástico. Por tabela, também ajudaria um pouquinho mais os quadrinhos, que sairiam mais do gueto onde vivem e atingiriam um público ainda maior. É o filme ideal para isso. Principalmente se levar em conta que Guerra Infinita só foi indicado pela Disney a uma categoria para o Oscar do ano que vem. Quem sabe?

Pantera Negra precisa ir além e conquistar um público ainda maior. O rei precisa ser coroado com o ídolo dourado na cidade dos anjos.

Pantera Negra já está disponível no Telecine Play! Se você ainda não assistiu ou quer rever a ascensão do Rei de Wakanda, em um dos filmes mais elogiados da Marvel Studios, é só acessar o site do Telecine Play e ir na aba de lançamentos.

Veja ainda:

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha