Capa da Publicação

Renascimento é a melhor fase do Batman nos quadrinhos?

Por Fernando Maidana

Scott Snyder elevou ainda mais o status de deus que o Batman já possuía nas revistas da DC Comics. O roteirista trouxe grandes arcos como A Corte das CorujasMorte da Família e solidificou o Cavaleiro das Trevas no panteão de Deuses da DC Comics.

Quando Tom King foi anunciado como o escritor do personagem em Renascimento, muitos esperavam que o roteirista trouxesse uma abordagem diferente ao herói, tornando-o mais humano.

De certa forma, isso aconteceu. O passado de King como agente da CIA permitiu que o escritor abordasse temas como estresse pós-traumático, suicídio e situações mais reais nas histórias de Bruce Wayne. Finalmente, comprovamos que o Batman é a verdadeira mente, enquanto Bruce é um disfarce que o herói usa para manter as aparências.

É claro que não estamos comparando Batman Rebirth a obras consagradas como O Cavaleiro das TrevasA Piada MortalO Longo Dia das Bruxas. Mas, em se tratando de uma série, talvez King seja um dos autores que melhor compreendeu a mente conturbada do Cruzado Encapuzado.

Quer saber mais sobre o Batman? Então você não pode perder o Batman Day que vai rolar em São Paulo no dia 15 de Setembro, sábado! Clique AQUI para conferir mais detalhes do evento, que acontece à partir das 15 horas no estúdio Clap Me, localizado na Rua Fidalga, 132.

Aproveite para relembrar!

Imagem de perfil
sobre o autor Fernando Maidana

Boa piada. Todos riem. Rufam os tambores. Cortinas se fecham.