Capa da Publicação

Quarteto Fantástico – Roteirista do reboot pede desculpas pelo filme!

Por Gus Fiaux

reboot do Quarteto Fantástico, lançado em 2015, é amplamente considerado um dos piores filmes de super-heróis já feitos na história. O longa, dirigido por Josh Trank, falhou em apresentar uma nova versão da equipe e foi um péssimo início para a Família Fundamental nos cinemas, assassinando qualquer plano para uma possível continuação.

Jeremy Slater foi responsável por escrever o roteiro do filme, e recentemente usou seu Twitter pessoal para se desculpar publicamente aos fãs, quando falava do sonho que tinha em escrever um filme baseado em uma obra de Stephen King:

“Nas reuniões, eu sempre brinco que fui criado pelos dois Stephens – King e Spielberg – mas isso não é muito longe da verdade. Enquanto outras crianças estavam fazendo esportes ou fazendo qualquer coisa que crianças legais fazem, eu estava passando a noite no Overlook, ou passando a noite nos esgotos embaixo de Derry. E quando eu finalmente coloquei meu pé na porta, eu tive apenas três projetos dos sonhos em minha lista. Um deles era um filme da Marvel (é… me desculpem por isso, caras), o outro era Star Wars e o outro era um filme baseado na obra de Stephen King. Qualquer um dos três me deixaria morrer feliz.”

Slater foi responsável por escrever o roteiro do filme do Quarteto Fantástico – mas, infelizmente, essa não foi a única bomba de sua carreira. Ele também escreveu a adaptação da Netflix de Death Note, que também foi destroçada pelos fãs. Seu maior sucesso até o momento foi a série televisiva d’O Exorcista, pela qual ele foi responsável pelo argumento inicial e pelo roteiro de alguns episódios.

Abaixo, fique com alguns cartazes do famigerado filme:

Quarteto Fantástico está disponível em DVD Blu-Ray, além de mídias digitais.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux