Produtora do Marvel Studios quer mais filmes dirigidos por mulheres!

Capa da Publicação

Produtora do Marvel Studios quer mais filmes dirigidos por mulheres!

Por Felipe Vinha

A Marvel ainda não tem nenhum filme dirigido por uma mulher, mas isso deve mudar em 2019, com a estreia de Capitã Marvel, com Anna Boden no comando, ao lado de Ryan Fleck. Contudo, a produtora-executiva Victoria Alonso quer mudar o quadro e ter mais representação feminina na direção dos longas da casa.

O site The Hollywood Reporter conversou com Alonso sobre este e outros assuntos, onde a produtora foi questionada sobre quando o Marvel Studios contratará mais diretoras. Ela responde o seguinte:

“Em breve, eu espero. O negócio é o seguinte: queremos a melhor pessoa para o cargo. Não creio que seja justo falar sobre o filme ‘este tem que ser dirigido por um homem’ ou ‘este tem que ser dirigido por uma mulher’. Creio que deve haver uma busca consciente pela melhor pessoa – e espero que seja o melhor ser humano, enquanto continuamos preenchendo nossas tarefas, é meio a meio.”.

Ainda que não tenha outro filme com uma mulher no comando na agenda, isso pode mudar em breve. Há rumores de que um longa-metragem da Viúva Negra pode ser produzido. Além disso, todos os episódios da segunda temporada de Jessica Jones tiveram diretoras no comando – e a série, em tese, também faz parte do Universo Cinematográfico da Marvel.

Sem falar que, na própria Disney, dona da Marvel, há diretoras comandando filmes, como Niki Caro com Mulan e Jennifer Lee com Frozen 2. Resta torcer para que isso se espalhe para o Marvel Studios e aguardar os resultados em busca de mais diversidade.

Fique com imagens de Vingadores: Guerra Infinita, próximo grande filme da Marvel:

Vingadores: Guerra Infinita já está em cartaz nos cinemas.

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha