Capa da Publicação

Produtor afirma que os filmes da DC precisam de mais do que apenas um supervisor!

Por Guilherme Souza

Não é novidade que os filmes da DC passaram por problemas para conseguir organizar sua linha do tempo e coesão de suas produções, entretanto, parece que a Warner não vai desistir dos filmes, e quem sabe os veremos sendo tão bem-sucedidos e aceitos quanto os da Marvel em um futuro próximo.

Charles Roven, um dos maiores produtores dos filmes do DC (inclusive os da era Nolan), foi afastado das produções após os resultados negativos de Esquadrão Suicida, Batman vs Superman: A Origem da Justiça e Liga da Justiça, entretanto, ele ainda continua envolvido nas sequências dos filmes que produziu, e em uma recente entrevista, Roven comentou sobre as dificuldades de produzir esses filmes de acordo com o que o estúdio queria:

“Acho que meu papel atual é ficar focado nas sequências, mas sabe, alguns anos atrás, eu era um produtor em todos esses filmes da Liga Justiça e os filmes individuais de seus heróis, mas se tornou muito claro que ser um produtor nesses filmes da maneira linear que a Warner Bros. queria, era um trabalho grande demais para apenas um produtor supervisionar.”

Criar um Universo cinematográfico coeso não é uma tarefa fácil, afinal, todos os filmes precisam se conectar e falar a mesma linguagem, segundo Geoff Johns, a DC quer que seus filmes sejam mais individuais, será que a nova estratégia fará bem aos futuros filmes? Temos de esperar para ver.

Veja imagens de Liga da Justiça, último filme da DC, em nossa galeria:

Fonte: Screen Rant

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'