Presidente da Marvel Studios fala sobre como homenagear Stan Lee!

Capa da Publicação

Presidente da Marvel Studios fala sobre como homenagear Stan Lee!

Por Chris Rantin

Fomos surpreendidos hoje com a notícia de que Stan Lee, responsável pelo império da Marvel acabou falecendo, deixando milhares de fãs com o coração apertado. Um desses fãs é Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios, que deu uma entrevista para o The Hollywood Reporter falando sobre o falecimento do ícone e sobre como eles podem homenageá-lo no MCU.

Feige começou a trabalhar com a Marvel ainda em 2000, depois de receber uma mensagem do próprio Stan Lee:

“‘Destemido Feige! Destemido Feige, aqui é Stan Lee.’ Era só uma mensagem de voz, ele precisava de alguma coisa, mas eu pensei ‘Eu acho que Stan Lee me deu um apelido.’ Isso foi incrível.” 

Foi em 2000 que Feige conheceu Lee pessoalmente, no set de filmagens de X-Men, filme do qual Feige foi produtor, onde o bom velhinho filmou seu primeiro cameo – sua participação especial divertidinha nos filmes da Marvel.

[Os Cameos] me pareciam uma tradição que você não deveria quebrar, mesmo que ali fosse o primeiro deles,” disse Feige, explicando porque decidiu continuar com as aparições do criador. “Era uma festa no set, quando ele aparecia para filmar sua participação especial. Esse era o tanto que ele inspirava as pessoas. Não importava se era o começo das filmagens, o meio ou o fim, a energia que ele trazia para o set de filmagens era incrível. Aquelas são minhas memórias mais fortes dele. E nós, e o público, amávamos aquelas participações especiais, Stan amava isso e tinha muito orgulho de todas elas.” 

Falando sobre uma possível homenagem para Lee nos próximos filmes da Marvel, Feige disse:

Uma das coisas que eu aprendi com Stan era que todo mundo ama uma surpresa. Nós vamos pensar em uma forma apropriada de homenagear ele, mas nesses 18 anos em que eu estou na Marvel, a forma mais apropriada [de homenageá-lo] é fazer justiça a esses personagens e histórias incríveis que ele criou. E nós vamos continuar a fazer isso.” 

Feige encerrou a entrevista dizendo que realmente não esperava pelo falecimento do bom velhinho:

Ele era um homem de 95 anos, eu sou realista, mas ele também era o Stan Lee. Ele era uma lenda mitológica que tinha mais energia que eu, desde o primeiro dia que conheci ele. Parte de mim sempre pensou que ele viveria para sempre.” 

Veja ainda:

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"