Capa da Publicação

Piratas do Caribe – Hans Zimmer, o compositor do filme, achou que era uma “péssima ideia”!

Por Lucas Rafael

Com o passar dos anos, Piratas do Caribe se tornou uma franquia titã das bilheterias. Ninguém imaginaria que, em seus primórdios, o lendário compositor Hans Zimmer quase recusou o longa por não acreditar no potencial do mesmo.

Em uma entrevista recente com a Vanity Fair, Zimmer falou sobre os filmes para o qual compôs trilhas, o que inclui Piratas do Caribe. Segundo Zimmer, no entanto, ele quase descartou a possibilidade de trabalhar no projeto, já que até ver as filmagens, acreditava que toda a ideia sobre Piratas era ruim.

“Piratas foi um acidente completo. Eu estava trabalhando com o diretor Gore Verbinski em algo, e disse para ele, ‘Então, o que você vai fazer depois?’ Então ele fala, ‘Bem, estou pensando em fazer esse filme de Piratas.’ Okay, filmes de piratas…sério? Realmente? É a pior ideia que já ouvi…recebi um telefonema de Gore no domingo falando, ‘Vem aqui, vem dar uma olhada nisto.’ Ele me mostrou um filme que eu não poderia possivelmente ter imaginado. Amei o quão errado eu estava e o quão certo ele estava.”

A trilha-sonora de Zimmer foi um sucesso, mas segundo ele o processo de trazê-la para a vida foi dificultoso.

“Tinha muito pouco tempo restando quando entrei nessa. Eu estava tipo, ‘Okay, é melhor eu ir pra casa e escrever um tema.’ Começou às 7:30 da noite – estou explodindo com ideias, exceto que eu estava ficando tenso. Então, a performance vai ficando pior e pior. E é como se meus dedos não se movessem mais como deviam, agora são cinco da manhã. Então, foi meio que assim que aquele filme surgiu.”

Alguns dos filmes recentes com trilha-sonora de Zimmer incluem Dunkirk e Blade Runner 2049.

Abaixo, confira imagens do quinto filme da série Piratas do Caribe:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais