Capa da Publicação

Marvel revela o passado assustador de Cletus Kasady, o Carnificina, nos quadrinhos!

Por Lucas Rafael

O Homem-Aranha conta com um panteão respeitável de vilões. Ainda assim, o Carnificina consegue se destacar como o mais ameaçador. O antagonista é o resultado da fusão de um simbionte (filho de Venom) com o Serial Killer Cletus Kasady. Agora, a Marvel explorou o passado de Kasady em uma história em quadrinhos. Acontece que, desde seu nascimento, Kasady é alguém mais assustador do que imaginávamos.

Em Web of Venom: Carnage Born #1 (Teia de Venom: Nascimento de Carnificina), descobrimos que Cletus Kasady era um monstro muito antes de assumir a identidade Carnificina.

Quando criança, o garoto tentou matar diversos membros de sua família, chegando a assassinar outras crianças e ter queimado um orfanato.

No novo título, descobrimos o motivo da psicopatia de Cletus. Quando nasceu no instituto Ravencroft, o personagem se enforcou no próprio cordão umbilical e morreu após 19 minutos e 38 segundos de seu nascimento. Depois de um tempo, o pequeno volta à vida, ressuscitado de maneira misteriosa.

Ao falar com um psicólogo, Cletus revela que lembra de ter morrido e ido parar em um “inferno”, no qual se encontra preso numa jaula dentro de um “abismo negro sem fim“. É essa experiência que faz o jovem Cletus sair matando pessoas, já que ele acredita estar as libertando das “jaulas” de sua humanidade.

Embora a origem do personagem seja extremamente sombria, é bom lembrar que ela se baseia em um depoimento de Cletus, ou seja: não dá pra saber se foi isso mesmo que ocorreu.

A HQ mostra Carnificina despertando novamente, analisando uma longa lista de novas vítimas. O que você achou da nova origem do personagem? Comente!

Confira uma página da HQ, narrando a infância de Cletus, através da galeria abaixo:

Via: CBR

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais