John Boyega fala sobre como sua experiência profissional mudou em Círculo de Fogo 2!

Capa da Publicação

John Boyega fala sobre como sua experiência profissional mudou em Círculo de Fogo 2!

Por Guilherme Souza

John Boyega alavancou sua carreira depois de sua aparição em Star Wars: O Despertar da Força. De lá pra cá, o ator ganhou notoriedade em Hollywood, e agora, irá protagonizar Círculo de Fogo: A Revolta, sequência do longa de 2013.

Além de protagonizar o longa, Boyega também está atuando como produtor, e em uma recente entrevista, falou sobre como sua experiência foi diferente em relação aos filmes da franquia Star Wars e sobre as dificuldades de ser um produtor:

“Você está muito mais exposto aos altos e baixos quando você participa de uma produção como essa, e além de estar atuando, também está produzindo. Muitos dos desafios no set são muito mais consistentes. Você fica sabendo sobre coisas que poderiam atrasar o cronograma, então isso afeta sua experiência como um todo, mas é lindo. Você conhece a direção em sua forma bruta. É transparente e você sabe de tudo, e para mim isso é obviamente uma experiência diferente do que trabalhar apenas como ator. Mas foi divertido, eu amei. Eu aproveitei muito.”

O ator também falou sobre como lidar com situações que acontecem por trás das câmeras o ajudaram a melhorar sua atuação:

“Temos que correr todos os dias. Estamos fazendo cenas todos os dias, e temos que analisar o corte bruto o mais rápido possível. Então saber como o corpo do filme está se formando, faz você saber em qual direção o personagem deve seguir em determinado contexto — no que você quer convencer mais. E isso afeta tudo.”

O ator parece ter adquirido muita experiência no processo de produção do novo longa da franquia Círculo de Fogo. Mal podemos esperar para vê-lo em ação no novo filme.

Veja imagens de Círculo de Fogo: A Revolta em nossa galeria:

Círculo de Fogo: A Revolta estreia em 22 de março nos cinemas brasileiros.

Fonte: HH

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'