Inumanos – Marvel faz grande mudança no Raio Negro nos quadrinhos!

Capa da Publicação

Inumanos – Marvel faz grande mudança no Raio Negro nos quadrinhos!

Por Leo Gravena

Os Inumanos foram uma criação dos Kree para criar diversos soldados de elite, que iriam lutar nas diversas e inúmeras guerras da raça alienígena, mas obviamente, ao criar criaturas tão poderosas, elas seriam difíceis de controlar. Então quando veio a profecia dizendo que um Inumano iria eliminar toda a raça Kree, eles trataram de destruir a sua criação, fazendo restar apenas cinco tribos de Inumanos sobreviventes, incluindo os da Terra. No fim das contas Raio Negro acabou se tornando o Rei de todas essas tribos.

Mas agora, na saga Death of the Inhumansnós descobrimos que o império Kree voltou para cobrar os Inumanos sobreviventes. Após este império se encontrar em ruínas, Ronan, o Acusador começa a reconstruí-lo, porém, uma célula terrorista toma o poder do império e envia o poderoso Vox para caçar os Inumanos com a opção de: una-se ou morra.

Vox, um poderoso assassino, já havia cortado a garganta de Raio Negro. O Rei Inumano havia conseguido se recuperar, contudo, havia perdido seus poderes, porém, não exatamente. Como descoberto na última edição da minissérie, Raio Negro tinha a oportunidade de utilizar sua voz uma última vez.

Após encontrar o laboratório Kree no qual estavam fazendo os corpos de Vox, que estava caçando todos os inumanos na galáxia, e cuja consciência dos inumanos caçados estavam ficando “presas” dentro destes corpos. O Rei Inumano decide que isso precisa acabar e destrói o laboratório com todos os corpos usando seus poderes uma última vez, acabando com a última parte da célula Kree extremista que havia tomado o governo de Ronan.

Sendo HQs, é mais do que certo que Raio Negro vai recuperar seus poderes, porém, com nenhum novo quadrinhos dos inumanos no horizonte, é possível que isso demore um bom tempo para acontecer. Até lá, você confere as imagens do momento na galeria abaixo:

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."