Capitão América – Chris Evans explica como o personagem evoluiu ao longo dos anos!

Capa da Publicação

Capitão América – Chris Evans explica como o personagem evoluiu ao longo dos anos!

Por Guilherme Souza

O Capitão América não será a mesma pessoa que ele foi em seu primeiro filme solo, quando o virmos em Vingadores: Guerra Infinita. Traições, mentiras e derrotas fizeram com que ele deixasse de ser o idealista puro para se tornar alguém mais frio e calculista.

Em uma recente entrevista, Chris Evans, intérprete do personagem, falou sobre como o personagem mudou ao longo dos filmes, e como ele se desiludiu da visão de um mundo perfeito. Além disso, Evans fala um pouco mais sobre a relação entre o Capitão e a Viúva Negra, e como o fato dela ter vivido mais situações adversas criou uma conexão entre eles.

“Eu acho que o Capitão sabe como se compartimentalizar. Não vou falar sobre o que o filme aborda, mas no que se refere ao meu personagem, eu acho que ele está lentamente – se tornando desiludido conforme vai envelhecendo. Cada filme, ele aprende um pouco mais que o filme não é o que ele gostaria que fosse, e eu acho que é por isso que existe uma conexão entre ele e a Viúva Negra. A Viúva Negra viu muito mais coisas que ele, e ela é um pouco mais calejada, acho que de diversas maneiras, ele olha pra isso e aprende.”

 

“Primeiro, havia um tipo de hierarquia, um tipo de estrutura governamental que se desmanchou, e então havia uma amizade que meio que o traiu ou o abandonou. Acho que quando essas coisas acontecem, acho que é meio que a destruição de um sistema de crenças, e você pode ficar meio frio como resultado disso.”

O ator também comentou sobre como funciona a mente do Capitão América e como ele tem vivido sua vida depois dos eventos de Capitão América: Guerra Civil.

“Eu basicamente larguei o escudo. Eu meio que me tornei um vilão. Mas novamente, acho que servir faz parte da natureza dele, e eu acho que em um certo nível isso o mantém são, ele precisa desempenhar uma função no sistema. É assim que seu cérebro funciona, precisa haver um fator de produção em que ele possa operar.

 

“E ele tem feito essas missões, sem dar satisfações pra ninguém. Quero dizer, é realmente um sinal de uma pessoa quebrada. Mas sim, ele está desgastado.”

O personagem realmente parece muito diferente em comparação ao que vimos durante a Segunda Guerra Mundial, resta sabermos se ele terá tempo o bastante para se recuperar e para enxergar esperança no mundo novamente.

Veja imagens de Vingadores: Guerra Infinita em nossa galeria:

Vingadores: Guerra Infinita já está em cartaz nos cinemas.

Fonte: Screen Rant

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'