Capa da Publicação

Batman vs Superman – Artista conceitual explica a “cena da Martha”!

Por Gus Fiaux

Batman vs Superman: A Origem da Justiça é um dos filmes mais polêmicos e polarizados de todos os tempos, contando com vários momentos que dividiram os fãs. Mas nenhum foi tão criticado quanto a “cena da Martha”, na qual, ao falar o nome de sua mãe, o Superman consegue romper a briga com o Batman. 

O artista Jay Oliva, responsável por fazer storyboards designs conceituais, deu uma grande entrevista durante um debate com o Comic Book, onde explicou o seu próprio entendimento da controversa cena. De acordo com ele, aquela era uma forma de explorar o stress pós-traumático de Bruce Wayne:

“Eu digo, eles realmente não entenderam o propósito da cena? Toda a razão pela qual o filme começa com a morte dos pais do Batman é justamente para situar o efeito traumático que deu ao pequeno Bruce e, agora, ao Batman adulto, stress pós-traumático. Ele teve isso toda sua vida. […] Então, Zack estava tentando abordar isso, e quando você assiste ao filme, sem nenhuma noção pré-concebida ou esperando apenas pela ‘cena da Martha’, ele consegue. E no fim, quando o Batman vai matar o Superman, o nome é um gatilho que tira o Batman de sua vingança sangrenta.”

O artista também disse que acredita que o Superman já sabia do passado do Batman, e por isso ele preferiu usar o nome “Martha”, em vez de simplesmente pedir para que o Cavaleiro das Trevas salvasse sua mãe. Dessa forma, Clark estava premeditando como atingir Bruce em cheio, tirando-o de sua ira:

“Na minha concepção, há um motivo pelo qual ele não disse ‘salve minha mãe’. Basicamente, Clark já devia saber quem era o Batman, porque temos que lembrar que Clark é um repórter investigativo. Ele já tinha descoberto quem era Bruce Wayne e acho que ele sabia do passado de Bruce Wayne, pois todos sabem sobre o assassinato dos pais dele. Claro, ele pode não não saber, mas acho que ele juntou dois mais dois e soube fazer isso para atingir Bruce, como um apelo.”

Por fim, o artista ainda disse que as críticas negativas em cima do filme são “exageradas”. De acordo com ele, o longa de Zack Snyder não mereceu todo o ódio que recebeu por parte do público:

“Eu adorei e fiquei orgulhoso de trabalhar e colaborar com Zack Snyder e todo mundo. Para mim, o hate não foi merecido, a recepção da crítica. Como eu disse, todos se fixaram em coisas que leram em outras críticas e quem estava assistindo não estava prestando atenção ou não teve senso crítico… Porque há jornalistas que fizeram seu dever de casa e sabem como criticar um filme, e há blogueiros que assistem ao filme e te dão a opinião deles. Tipo: ‘ah, eu odeio o filme porque o Superman não sorriu o suficiente.’ Tipo, sério? Então essa é sua crítica? Você quer que ele sorria bastante?”

Não é a primeira vez que envolvidos na produção defendem com garras e dentes a cena da Martha. Anteriormente, o próprio Snyder e membros do elenco já deram entrevistas falando sobre a importância do momento para a história e para a batalha ideológica dos heróis no longa. No entanto, a cena ainda é considerada um dos momentos mais infames dos filmes de super-heróis dessa geração.

Abaixo, fique com artes conceituais e imagens do filme:

Batman vs Superman: A Origem da Justiça está disponível em DVD, Blu-Ray e mídias digitais.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux