Capa da Publicação

A Morte do Superman: Por que ela ainda importa?

Por Felipe Vinha

Uma das histórias em quadrinhos mais famosas de todos os tempos, A Morte do Superman conseguiu algo que era impensável: virou manchete no mundo real. Quem se lembra, na época em que foi publicada no Brasil, de ver menções ao fato nas TVs e jornais locais? Isso, realmente, ocorreu. Mas muita gente não se lembra, outras não eram nem nascidas. Há fãs, hoje em dia, que nem sabem que o Superman já morreu. E quer saber? Tudo bem por isso!

Ninguém nasceu sabendo de tudo e é por isso que muitos estúdios investem em remakes, continuações ou os chamados “reboots”, reiniciando antigas séries. Isso se amplia quando estamos falando de um acontecimento tão icônico, como foi com A Morte do Superman, que aconteceu lá em 1992, 26 anos atrás.

Inclusive, a saga já teve uma versão animada, em 2007, e também foi usada como inspiração em Batman vs Superman: A Origem da Justiça. Será o suficiente? Talvez por isso tenhamos uma nova edição em desenho, também chamada de A Morte do Superman, com o objetivo de ser mais fiel, ainda que troque alguns dos elementos mais clássicos, como membros da Liga da Justiça, na época em que a HQ foi publicada.

Cai o ícone: Superman morre novamente

Para falar um pouco mais sobre a produção, a Legião dos Heróis também conversou com Sam Liu, co-diretor da animação e uma das mentes por trás da divisão de desenhos da DC. Ele nos revelou que quem decidiu refazer A Morte do Superman neste formato foi a própria DC, “como forma de entender e assumir o que ela representa, foi isso que eles quiseram”. Isso não apenas confirma a importância do Superman para os quadrinhos, mas também para a sociedade, em geral.

Sam Liu também garante que não buscou se inspirar em Batman vs. Superman para sua própria versão, mas que entende que toda uma nova geração tenha como parâmetro o filme, e por isso também foram feitas mudanças nos membros da Liga, para o novo desenho. “A maioria das pessoas que veem nossos filmes não leem os quadrinhos, por isso queríamos algo mais icônico e atual”, disse. Ele faz referência à presença de heróis como Gavião Negro e Ciborgue, em contrapartida de Gelo, Gladiador Dourado, entre outros.

E, claro, para Liu, é importante que tenhamos uma nova edição da história, principalmente em par com a cronologia atual da DC nas animações, que ainda representa a fase Novos 52 dos quadrinhos, por mais que já tenhamos alguns elementos do Renascimento aqui ou ali. “O Superman é um dos maiores heróis da Terra e ter suas histórias contadas novamente é importante”, declarou.

E nós concordamos! Mais do que um mero personagem fictício, o Superman é aquele tipo de figura que nos liga a um universo desconhecido e que já quebrou a barreira das páginas de quadrinhos ou da tela de TV. Quando pensamos em heróis, ele ainda está entre os principais que vêm à nossa mente, por mais que não seja o mais famoso da atualidade. Afinal, são 80 anos de história e mais de mil edições publicadas, em sua principal revista, a Action Comics.

Para isso, reunimos depoimentos de alguns dos integrantes da Legião dos Heróis, para também falar um pouco sobre a importância que A Morte do Superman tem em nossa cultura. Abaixo você confere as respostas:

“É a morte de um dos maiores heróis da DC Comics! É como a queda de um Deus: impactante, chocante e grandioso!”

– Cristiano Rantin, editor da Legião dos Heróis

“Assim como a morte do Capitão América, que aconteceu mais de uma década depois, a queda do Superman simbolizou o fim de uma era de esperança – ao mesmo tempo em que deu início a uma nova fase para DC”.

– Gus Fiaux, redator da Legião dos Heróis

“Mesmo com poder o bastante para mover placas tectônicas, o Superman ainda é um homem que cresceu no interior, com uma aura de esperança. Isso faz com que ele se torne um dos maiores heróis de todos os tempos”.

– Guilherme Souza, redator da Legião dos Heróis

Fica a nossa homenagem, e os nossos pêsames, a esta que é uma das mortes mais celebradas de todos os tempos, e vida-longa ao Superman, há 80 anos salvando vidas em cuecas apertadas.

Fique com imagens do longa-metragem A Morte do Superman, a seguir:

Imagem de perfil
sobre o autor Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha