Capa da Publicação

Transformers: O Último Cavaleiro – Primeiras críticas do filme são divulgadas!

Por Gus Fiaux

Transformers: O Último Cavaleiro ainda deve demorar pouco menos de um mês para chegar aos cinemas brasileiros. Contudo, o filme já estreou nos Estados Unidos e está sendo massacrado pela crítica local, com uma média de aprovação ainda menor que seus anteriores.

Parece que o último filme de Michael Bay na franquia deixou um gosto amargo entre os críticos, por enquanto. Por outro lado, temos também a maior aprovação do público desde o primeiro filme de 2007.

Aqui, separamos algumas notas e pequenos trechos de algumas reviews disponibilizadas no Rotten Tomatoes:

“O efeito final não é emocionante, é incômodo. É uma canção de ninar performada por um quebra-pedras.”

– The Wrap

“Ver um ator do calibre de [Anthony] Hopkins xingar seu mordomo robô e tentar arrancar risadas por repetir a palavra ‘cara’ é doloroso – mesmo para um filme dos Transformers.”

– New York Post, 1/4

“Ao final, tem muita coisa acontecendo na tela, de modo que ninguém irá conseguir entender o que está assistindo.”

– The Weekend Warrior, 4,5/10

Mesmo com os baixos parâmetros definidos por Michael Bay nos filmes anteriores de Transformers, O Último Cavaleiro se destaca como um pedaço incoerente e desarticulado de anarquia visual, fantasia fanboy, bagunça sem graça e personagens emo.

– Chicago Daily Herald, 1,5/4

“O filme inteiro é uma mistura estranha e inquietante de narrativa juvenil e fetichismo militar, mas nunca deixa de entreter, mesmo que pelos motivos errados.”

– The Shiznit, 3/5

“Ou esse filme é idiota ou eu sou.”

– ScreenRant, 4/10

“Uma das qualidades da franquia é conseguir balancear ação de alto risco e explosões com pitadas de humor. O resgate da Terra e o salvamento da humanidade surge com diversas piadas e ameaças para todos os públicos.”

– New York Daily News, 3/5

“Tanto barulho incompreensível que você irá querer bater a cabeça no assento da frente só para ter algum descanso.”

– Robert Egbert, 1/4

“Todos os anos, Michael Bay e seus robôs digitais saem de suas masmorras para infligir dano aos neurônios de todo o mundo. Transformers: O Último Cavaleiro é seu ataque mais concentrado, e isso me faz temer pela sanidade do planeta.”

 Toronto Star, 0/4

“É difícil imaginar alguém lendo, ou pior ainda, escrevendo o roteiro e acreditando que isso faria algum sentido pelo menos.”

– Tribune News Service

“[Michael] Bay e [Mark] Wahlberg disseram que esse seria seu último filme na franquia. O estúdio deveria segui-los e dar um golpe de misericórdia a essa série fracassada.”

– Arizona Republic, 1/5

“Não há redenção para ser encontrada aqui, apenas sofrimento.”

– Globe and Mail, 0/4

“Irá agradar os fãs, mas é hora de dar um descanso aos robôs.”

– HeyUGuys, 2/5

“Pela primeira vez, a fórmula hiperativa bagunçada e o niilismo do metal se destruindo parecem reforçar um ao outro.”

– Variety

“Qualquer um capaz de explicar a história quase incompreensível merece algum tipo de prêmio.”

– The Hollywood Reporter

“É claro que não é bom.”

– Chicago Tribune, 1,5/4

“Transformers: O Último Cavaleiro é uma pilha de lixo incompreensível. Mas pelo menos, há um lado positivo sobre isso: você irá esquecer cada cena do filme no momento que sair do cinema.

– Toronto Sun, 1/5

Por enquanto, o filme está sendo bem criticado – o que não é nenhuma novidade na história da franquia dos Transformers. No Rotten Tomatoes, o consenso dos críticos é de que o filme é “cacofônico, com uma história fraquíssima e efeitos especiais artísticos, O Último Cavaleiro é tudo que você esperaria do quinto filme da franquia.”

Atualmente, o filme possui uma média de aprovação de 16% dos críticos e 69% do público. Conforme novas críticas forem agregadas ao site, esses números podem variar. Abaixo, você pode ver a nota do filme e a comparação com os outros filmes da série:

Transformers: O Último Cavaleiro está em cartaz nos cinemas.

Fonte: Rotten Tomatoes

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux