Capa da Publicação

Star Wars: Os Últimos Jedi – Filme pode ter a primeira personagem LGBT+ da franquia no cinema!

Por Chris Rantin

Desde o lançamento de Star Wars: O Despertar da Força os fãs começaram a especular se a relação entre Poe Dameron e Finn era realmente apenas uma amizade, ou se existia algo mais nesse relacionamento, podendo ser essa inclusão de alguma representatividade LGBT+ na franquia espacial.

Até o momento nada foi confirmado ou negado, mas uma personagem abertamente LGBT+ estará fazendo a estreia em Star Wars: Os Último Jedi. Trata-se de Amilyn Holdo, que será interpretada por Laura Dern no filme. No romance escrito por Claudia Gray, que em português fica algo como Leia: Princesa de Alderaan, Holdo indicia que se atrai por outros gêneros (e espécies) e não apenas homens.

Laura Dern como a almirante Amilyn Holdo

Confira abaixo um trecho do livro onde Amilyn e Leia estão discutindo o que as atrai em seus pretendentes:

‘Um par de belos olhos escuros.’ Então Amilyn pensou sobre isso por alguns momentos. ‘Ou mais de um par se você gostar de Grans, ou Aqualish, ou Talz, ou até mesmo…’

 

É isso!’ disse Leia entre risos. ‘[sou atraída] apenas por homens humanoides.’

 

‘Sério? Isso parece tão limitador.’

 

‘Graças a Deus é uma galáxia bem grande.’”

Será que teremos esta inclusão no grandioso universo Star Wars? Ano passado, a GLAAD, que avalia e premia produções que trazem boas representações LGBT+, disseram em um relatório que o filme era uma boa representação LGBT+ para os filmes de Hollywood. 

Confira abaixo a nossa galeria que inclui novos pôsteres e imagens de Star Wars: Os Últimos Jedi:

 

Star Wars: Os Últimos Jedi está em exibição nos cinemas!

Fonte: HH

Imagem de perfil
Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"