Capa da Publicação

Punho de Ferro – Críticas da nova série da Marvel e Netflix são nada positivas!

Por Gus Fiaux

Ao longo das últimas semanas, a Netflix divulgou os seis primeiros episódios de Punho de Ferro para a imprensa especializada, para que pudessem ser feitas as críticas e divulgação da série. Contudo, a série do herói imortal de K’un-Lun acabou sendo bem criticada. Aqui, separamos algumas críticas que falaram um pouco a respeito da série protagonizada por Finn Jones, de Game of Thrones. 

A triste verdade, no entanto, é que Punho de Ferro é a mais fraca das séries da Marvel na Netflix até agora. […] É um desapontante estudo de caso sobre como os estúdios precisam tentar mais arduamente contar histórias mais difíceis“, The Verge.

Demora uma eternidade para qualquer coisa acontecer em Punho de Ferro, enquanto ela tropeça em uma direção de arte pobre, cinematografia ordinário e dolorosos diálogos, que falham em distrair o público da falta de profundidade, detalhe ou energia“, Variety.

Punho de Ferro é a série mais genérica da Marvel já feita na Netflix. Tudo parece familiar a outras histórias de super-heróis – Batman Begins, Doutor Estranho e até mesmo um pouco de Arrow Homem de Ferro“, IGN.

Punho de Ferro parece um passo para trás em todos os sentidos. Um grande desapontamento que sofre de problemas de roteiro nos seis primeiros episódios, e que seria misericordiosamente ignorada se não fosse a principal ponte para a aguardada série d’Os Defensores“, The Hollywood Reporter.

Apesar de um bom elenco e uma boa história de origem, Punho de Ferro é previsível, teatral demais e não sabe contar uma história coesa. Assim sendo, tem poucos momentos bons e muitos momentos ruins“, Collider.

Depois de Jessica Jones (uma revelação), Luke Cage (falha, mas ainda assim brilhante) e Demolidor (ofuscada pela competição mas muito sólida), eu esperava que Punho de Ferro fosse uma adaptação decente, em última análise, prejudicada pela relutância em se afastar do material fonte datado. Em vez disso, me encontrei mandando mensagens para os colegas de trabalho que também haviam recebido a série para ter certeza de que eu não estava alucinando“, Polygon.

O fato de que Danny (Finn Jones) e Colleen (Jessica Henwick) não são bons em conversar não seria um problema para o gênero. O problema é que a série é toda montada em diálogos – a maior parte dolorosamente ruins – e as lutas são breves e não convencem. É facilmente a pior das séries da Marvel pela Netflix“, Uproxx.

Depois de meia dúzia de episódios, você é deixado com a impressão de que todos os envolvidos estão levando a série sobre um mestre kung fu que ganhou poderes ao abraçar um dragão um pouco a sério demais“, CNET.

O que torna Danny Rand, o Punho de Ferro diferente dos demais heróis? Sobre o que é essa série? Depois de ver os seis episódios disponibilizados para os críticos, eu ainda não sei. E não tenho certeza se os produtores sabem“, Heroic Hollywood.

Os flashbacks são colocados de maneira estranha, os personagens fazem decisões impensáveis e a impressão geral é a de que a série está enchendo linguiça“, Den of Geek.

A média preliminar de aprovação da série no Rotten Tomatoes é de 0%, por enquanto, com base em dez críticas. Conforme novas críticas forem saindo e a série finalmente for lançada por completo, esse número pode mudar, mas definitivamente é um péssimo começo para a série da Marvel/Netflix.

Aqui, você pode conferir a nossa crítica da série!

Punho de Ferro chega ao dia 17 de março, na Netflix.

Fonte: CBR

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux