Power Rangers – Ranger Rosa original fala do seu problema com a primeira série da franquia!

Capa da Publicação

Power Rangers – Ranger Rosa original fala do seu problema com a primeira série da franquia!

Por Ishiro Oninawa

Amy Jo Johnson, a Ranger Rosa original da série Mighty Morphin Power Rangers falou junto com a nova Ranger Amarela, Becky G, ao The Mary Sue sobre uma variedade de coisas. Uma delas foi a maneira que Saban (produtor responsável pela vinda dos Power Rangers para o ocidente) selecionou os atores para os papéis dos Rangers, especificamente os Rangers Amarelo e Preto, que eram interpretados por uma atriz asiática e um ator negro, respectivamente.

Johnson disse. “Era um grupo diverso, mas ao mesmo tempo isso não estava certo. Eu não sei se eles fizeram a seleção propositalmente ou foi apenas um erro. Não sei a lógica por trás da escolha mas eu acredito que eles definitivamente aprenderam uma lição”.

Quando perguntada se haviam piadas a respeito disso no set, ela respondeu “É claro! Meu deus, era uma brincadeira. Certamente nós tínhamos piadas, mas ser dessa forma é ridículo”.

O recente reboot mudou o elenco, colocando RJ Cyler (ator negro) como Ranger Azul e Ludi Lin (ator asiático) como Ranger Preto. As cores dos rangers dessa vez estão muito claramente associadas a personalidade de cada um do que em sua etnia ou cor de pele, mudança essa que foi muito bem recebida pelo público.

Muitas séries rebootadas tem incluindo novos temas e discussões sociais modernos em seus enredos e acho que Power Rangers acertou em cheio em trazer diversidade sem rótulos. E vocês, o que pensam dessa nova abordagem?

Confira também algumas artes conceituais do último filme:

Imagem de perfil
sobre o autor Ishiro Oninawa

Streamer, youtuber, agora redator da Legião. Também sou poliglota, sabendo falar português, inglês e altos nada!