Capa da Publicação

O Justiceiro – Série mostrará o lado humano de Frank Castle!

Por Bia Oninawa

Nós tivemos um gostinho do personagem na segunda temporada de Demolidor, série original da Netflix, e foi o suficiente para que muitos e apaixonassem por Frank Castle. Agora os produtores prometem explorar ainda mais o lado humano do anti-herói enquanto contam sua história.

Essa foi a declaração do produtor Steve Lightfoot para a  SFX Magazine, enquanto explicava o que esperar da primeira temporada do anti-herói de Jon Bernthal.

“Você o viu em Demolidor, onde ele é bastante brutal e bem sinistro. Mas nessa série [Demolidor] ele estava sempre em uma missão. Você só conseguiu ver 25% de quem ele era, e ele era o cara que estava sempre matando. Ele era um antagonista, não o protagonista. Continuamos de uma forma que os fãs do personagem ficarão satisfeitos, mas também mostramos os outros 75% do personagem, enriquecendo-o e tornando o lado humano mais presente.

 

Em Demolidor, ele era um cara com um objetivo muito simples, que era vingança. E isso foi usado para destacar os dilemas de Matt Murdock. Neste show, tivemos que lhe dar dilemas próprios. Como qualquer show, mesmo que seja sobre super-heróis ou seja o que for, você deve encontrar coisas com as quais as pessoas normais se identifiquem, essa é uma virtude de todos.

 

Nunca fui um cara das Forças Especiais que mata 50 pessoas, mas sei o que é ficar de luto.”

Agora teremos a chance de entender um pouco mais sobre o passado de Frank Castle e de sua família. O pouco que tivemos a oportunidade de ver em Demolidor, foi o sentimento amargurado de Castle sobre a perda de seus entes queridos, e o poema que ele costumava recitar para sua filha. Agora no seriado em que ele ganhará o foco principal, nós veremos mais desse sentimento que o motivou a cometer os assassinatos na série em que ele foi antagonista. Lightfoot ainda adicionou:

“De coração, você tem um cara muito difícil que não é realmente bom em mostrar seus sentimentos, tendo em algum momento que lidar com a perda de sua família. E é com isso que todos podem se identificar. Podemos simpatizar com isso, se não com as ações que o conduziram.”

Essa é a chance dos produtores se aprofundarem em um personagem que até agora apareceu apenas como sanguinário e violento. Explicar suas motivações poderá aproximar Castle do publico e o tornar mais “humano”.

O que você espera do seriado do Justiceiro? Algumas fotos promocionais foram liberadas e você pode conferir aqui:

O Justiceiro estreou na Netflix dia 17 de novembro de 2017.

Imagem de perfil
sobre o autor Bia Oninawa

"Naturalmente está acontecendo dentro da sua cabeça, mas por que é que isto deveria significar que não é verdadeiro?" - Alvo Dumbledore | Twitter/ Instagram: @casamentonerd