O Justiceiro – Atriz fala sobre possível romance entre Frank e Karen Page!

Capa da Publicação

O Justiceiro – Atriz fala sobre possível romance entre Frank e Karen Page!

Por Mike Sant'Anna

O Justiceiro estreia no fim desta semana na Netflix, trazendo o retorno de Jon Bernthal no papel de Frank Castle, um dos mais violentos e famosos anti-heróis da Marvel Comics, que fez uma grande estreia na segunda temporada de Demolidor.

O site Harpers Bazaar conversou com a atriz  Deborah Ann Woll, onde ela acaba falando um pouco mais sobre a química entre sua personagem Karen Page e o protagonista da série, tanto quanto dos dois atores:

“Jon é uma pessoa tão notável, e eu  me apaixonei demais por ele como um artista trabalhando naquela segunda temporada, então quando eles me pediram para entrar e fazer Justiceiro, nem pensei duas vezes antes de dizer sim. Nossos processos são semelhantes – acho que ambos tomamos o trabalho muito à sério e ambos gostamos de manter nossa conexão com o material ao longo do dia. Isso não significa que não brinquemos, mas não estamos zuando até a ação. É uma conexão comprometida com o material, e nem todos são assim. Às vezes, quando eu trabalho da mesma forma, as pessoas me olham torto, e Jon não. Ele estava entusiasmado com isso, então isso significava muito para mim”.

Então ela continuou falando, onde abordou uma possibilidade para um romance entre Karen e Frank na série:

“Jon e eu certamente sentimos que há espaço dentro dessa história para isso. Mas eu também penso como uma mulher, e nem todas as relações com um homem na história devem ser românticas. Toda a trama de Frank é sobre vingar os assassinatos de sua esposa e filhos, que ele amava desesperadamente, e até chegar a algum fechamento com isso, não sei se Karen pode realmente entrar nisso. Eu acho que há carinho e anseio entre eles, e apenas como isso se manifesta, só teremos que ver”.

Confira nossa galeria de Justiceiro:

O Justiceiro chega à Netflix em 17 de Novembro.

Imagem de perfil
sobre o autor Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.