Capa da Publicação

O Corvo – Diretor do filme original acredita que não deveria haver um reboot!

Por Gus Fiaux

Após ter ganhado um status mítico entre os fãs, O Corvo se tornou um dos maiores clássicos cult de todos os tempos. O filme dirigido por Alex Proyas gerou uma gigantesca repercussão, principalmente devido à morte de seu astro principal, Brandon Lee. 

Agora, a trama está prestes a ser recontada em um reboot, dirigido por Corin Hardy e com Jason Momoa – sim, o nosso querido Aquaman  no papel principal. Porém, em um novo post em seu perfil oficial do Facebook, Proyas acredita que a produção não deveria existir (principalmente por conta do legado que Brandon Lee deixou para o mundo):

“Eu tive o privilégio de conhecer Brandon Lee – ele era jovem, imensamente talentoso, com um ótimo senso de humor e um futuro brilhante à sua frente. Eu também tive o privilégio de chamá-lo de amigo. Nosso trabalho como ator/diretor foi além da mera colaboração. Juntos, desenvolvemos um filme que foi tocado por muitas pessoas. Eu não considero O Corvo como um filme meu. Eu queria que fosse um filme de Brandon, porque foi e porque ele nunca mais seria capaz de fazer outro filme. Ele trouxe toda sua paixão para esse filme e isso seria tudo que restaria de seu legado. É um filme do qual eu sei que ele teria orgulho. Eu concluí o longa por Brandon – lutando pela dor, ao lado de um elenco e uma equipe muito apoiadores, que sempre amaram muito Brandon. […] Éramos imbuídos pela força do espírito de Brandon, e pela sua inspiração. Não apenas seu trabalho como um incrível cineasta e ator, mas também por seu lado humano, cuja humanidade sempre nos tocou. O Corvo não seria um filme digno de um remake se não fosse por Brandon Lee. Se não fosse por ele, você talvez nem conhecesse esse pequeno quadrinho excêntrico. É um filme dele, e acho que é um caso especial onde Hollywood deveria deixar de lado, como testamento para o talento e sacrifício supremo de um homem – sem deixar outros adicionarem coisas para essa história e reescrevê-la. Eu sei que várias continuações e séries de TV foram feitas, mas a noção de trazer um reboot para esse personagem – que Brandon criou por um grande preço – não parece certa para mim. Por favor, façam com que esse permaneça sendo um filme de Brandon Lee.

Evidentemente, a Sony continua dando prosseguimento à produção do reboot, por mais que isso possa ferir a imagem do longa original e de toda a tragédia trazida por ele. Ainda assim, podemos respirar aliviados, uma vez que o legado de Brandon Lee está mais que vivo, e tanto Corin Hardy quanto Jason Momoa já deixaram claro que pretendem fazer jus à obra original.

Abaixo, confira mais imagens da franquia clássica:

O Corvo deve estrear em 2019.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux