Mulher-Maravilha – Diretora fala sobre a “saturação” dos filmes de super-heróis!

Capa da Publicação

Mulher-Maravilha – Diretora fala sobre a “saturação” dos filmes de super-heróis!

Por Gus Fiaux

Durante a WonderCon de Anahein, Patty Jenkins, diretora do próximo filme da Warner/DC, Mulher-Maravilha, comentou um pouco a respeito do porquê filmes de super-heróis estão tão em alta, e se isso deve resultar em uma saturação no mercado. Sua resposta foi bem precisa, comparando super-heróis aos antigos deuses mitológicos:

Isso é que é ótimo sobre a diversidade de super-heróis, e uma das razões pelas quais quando alguém diz ‘a moda dos super-heróis vai morrer?‘, ou algo do tipo, eu sempre penso que se trata de algo maior do que só isso. Não é algo sobre super-heróis. É sobre o método universal de contar histórias que não é sobre religiões, que os Estados Unidos acabaram criando para contar diferentes metáforas sobre diferentes formas de existir. Para mim, eles são a mesma coisa que os mitos gregos, romanos ou figuras de quaisquer religiões. São nossos personagens comuns que usamos para expressar histórias sobre como ser uma pessoa melhor, ou como você deveria agir caso se deparasse com diferentes situações. Isso, para mim, é algo muito poderoso. Há milhões de filmes para serem feitos com esses personagens comuns.

Vale lembrar que, diferente do que muitas pessoas apontam, histórias envolvendo super-heróis não constituem um gênero próprio. Esses personagens são artifícios narrativos para contar outros tipos de história. Basta perceber como Logan é um drama psicológico, ao mesmo tempo em que Os Vingadores é um filme de ação e aventura, ou que Mulher-Maravilha, como a diretora já falou, será um filme de guerra envolvido em romance. Uma saturação desse “gênero” é algo muito difícil, já que o gênero em si sequer existe dessa forma.

Mulher-Maravilha está em cartaz nos cinemas.

Fonte: Cinema Blend

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux