Capa da Publicação

Midnight, Texas: 1.01- Os fantasmas de um começo cheio de potencial!

Por Cristiano Rantin

Baseado nos livros de Charlaine Harris, a escritora que teve outra saga adaptada pelas telinhas com True Blood da HBO, Midnight, Texas chega para tentar ser a nova série de criaturas sobrenaturais queridinha do público órfão da história de Sookie e companhia – e até mesmo de Elena e os vampiros de The Vampire Diaries.

O primeiro episódio da série, que estreou nesta segunda, mostra que o novo seriado tem muito potencial, mas que ainda precisa melhorar em alguns aspectos.

Logo de cara conhecemos Manfred Bernardo, um paranormal que surpreendentemente possui habilidades psíquicas verdadeiras, o que serve como fonte de renda para o rapaz (que aparentemente nem sempre é honesto com seus clientes), mas que também causa muitos problemas para ele, já que os fantasmas não parecem respeitar os limites impostos pelo paranormal e não possuem o menor bom-senso.

Depois de ser descoberto pela figura misteriosa que o persegue, Manfred decide seguir os conselhos do fantasma bem humorado de sua avó, que recomenda que ele vá para Midnight, no Texas, uma cidadezinha pacata onde ele deve conseguir um pouco de tranquilidade e segurança.

Mas fica claro que Midnight não é o que parece e que existem vários mistérios cercando a cidade, incluindo seus moradores que, para resumir, são estranhos e excêntricos, mesmo que na maioria das vezes bem acolhedores. Além disso, boa parte da população de lá não é humana e as criaturas sobrenaturais convivem pacificamente com a maioria dos outros moradores.

Para deixar as coisas mais interessantes, em menos de um dia que o protagonista chega na cidade, o corpo de Aubrey, a noiva de Bobo Winthrop, o adorável dono da loja de penhores, é encontrado e uma investigação sobre a morte misteriosa da moça mostra que ela sofreu uma tentativa de assassinato. Todo mundo é suspeito e o espírito de Aubrey – que não era tão inocente quanto imaginávamos – não parece estar muito paciente para encontrar as respostas.

A premissa da série é muito boa, tendo um grande potencial para ser explorado, o único problema do episódio é que por ter tramas demais a impressão que fica é que as coisas estão meio confusas. Os cortes bruscos e mudanças de tom abruptas no início do episódio de nada serve para deixar o público mais confortável com a história que se desenrola a sua frente.

Talvez se o primeiro episódio investisse mais tempo em trabalhar a chegada do protagonista na cidade – e na sua adaptação – ao invés de já ir jogando grandes revelações sobre os outros personagens da série (e as tramas deles), o resultado seria mais confortável, mas também poderia significar que teríamos uma história mais arrastada.

Assim sendo, a quantidade de tramas – e subtramas – garante que o episódio não fique parado e que o público fique com vontade de ver mais da pequena cidade e todos os segredos que envolvem os personagens.

Outro ponto que serve para prender a atenção do público é que o carisma dos personagens. É impossível não ficar interessado no trio composto por Fiji, Lemuel e Olivia, que conseguem ser misteriosos, agressivos e adoráveis ao mesmo tempo.

Vampiros, bruxas, anjos, lobisomens, fantasmas e paranormais parecem ser naturalmente atraídos para Midnight, Texas por causa da energia mística que é concentrada ali, o que significa que teremos outras criaturas (e problemas) surgindo nas ruas da cidade em breve, mas antes de termos mais novidades por ali, seria interessante se nos próximos episódios tivéssemos um pouco de tranquilidade, assim seria possível termos algumas respostas sem que a trama voltasse a ser apressada – e sobrecarregada.

Na próxima semana, segundo a sinopse oficial, um predador mortal surge na cidade na noite de lua cheia, o que com toda certeza já trará algumas respostas sobre um dos personagens da série.

No mais, se você está procurando uma série que tenha o mesmo clima de Buffy, A Caça Vampiros e True Blood, ou se apenas gosta de ver criaturas sobrenaturais em séries, dê uma chance para Midnight, Texas. A série tem MUITO potencial e com toda certeza vai te surpreender. Fora que só tem um episódio lançado, então nem é preciso uma maratona para poder começar a acompanhar a história.

Confira abaixo a nossa galeria com algumas imagens do próximo episódio:

Midnight, Texas vai ao ar toda segunda-feira pela NBC, já as reviews da série saem toda quarta-feira aqui na LH!

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"