Capa da Publicação

Mad Max: Estrada da Fúria – George Miller está processando a Warner Bros. por conta do filme!

Por Gus Fiaux

Mad Max: Estrada da Fúria é, sem dúvida alguma, um dos filmes mais aclamados dos últimos anos. O longa revitalizou a franquia de ação Mad Max com uma nova roupagem, e surpreendeu ao ser vitorioso em premiações de grande porte, como o Oscar. Porém, quem acompanhou o processo de desenvolvimento do projeto sabe que o filme teve uma das produções mais turbulentas da história de Hollywood.

O set do filme teve de ser realocado, houve problemas contratuais e orçamentários, e por pouco a produção não foi nem lançada. Contudo, George Miller conseguiu trazer ao mundo o que muitos consideram sua obra máxima. E agora, o cineasta está processando a Warner Bros. por causa dela.

Oficialmente, o filme tinha um orçamento inicial de 150 milhões de dólares, que acabaram se transformando em 157 milhões devido aos gastos com imprevistos. O estúdio havia prometido ao cineasta e à empresa produtora um bônus percentual com os lucros da bilheteria, caso o filme não ultrapassasse o limite inicial orçamentário.

Porém, no processo judicial preenchido por Miller, o cineasta revela que o aumento no orçamento foi provocado por “uma série de decisões” do próprio estúdio, de forma que seu bônus foi cortado de maneira injusta. Por enquanto, a Warner se manifestou com uma breve declaração, dizendo que “discorda e vigorosamente se defenderá” da ação.

Abaixo, confira imagens do filme:

Mad Max: Estrada da Fúria está disponível em DVD e Blu-Ray.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux