Capa da Publicação

Lúcifer 3×05 – A história andou, mas continua parada!

Por Bia Oninawa

Foi mais um caso da semana. E mais um episódio sem falar sobre o que nos dois primeiros episódios da temporada tinha nos dado a entender, que seria o vilão da temporada: O Pecador. E se não fosse pelo desenvolvimento da Charlotte Richards seria mais um episódio sem crescimento algum da trama principal. Não foi um episódio ruim, foi bacana ver a resolução do caso. Mas já estamos na terceira temporada e queremos ver mais do que apenas isso.

A primeira temporada apresentou bem a ideia do seriado. A segunda cresceu de uma forma que deu proporções épicas para as possibilidades divinas que poderiam acontecer. E a terceira…está demorando para engatar. Foram cinco episódios. O da Maze foi claramente um fanservice – que nós amamos, mas apenas um fanserve – que foi completamente a parte. E já se desenrolaram dois novos episódios sem que a trama principal andasse.

No quarto episódio, vimos muito do Amenadiel, apenas para percebermos que ele não sabe o que está fazendo da vida, assim como os roteiristas parecem ainda não saberem o que fazer direito com ele. É um personagem com baita potencial, que está perdido. E agora, nesse episódio, fomos reapresentados para a Charlotte.

O jeito que ela foi montada é bem consistente e faz sentido. Uma pessoa que está perturbada pelos meses faltando em sua memória, por ter encontrado sua vida de pernas para o ar, e tentando levar os dias sem comentar para não ser julgada louca. Faz sentido. Mas a menos que ela tenha um grande papel, que não pareceu claro ainda, será que era mesmo necessário traze-la de volta? Até poderia ser um personagem que os protagonistas iriam cruzar na delegacia vez ou outra, mas não vi porque reapresentá-la agora que ela não é mais uma entidade divina. Pelo menos não ficou claro o que ela pode acrescentar e fico receosa de que ela se torne outro Amenadiel, um personagem perdido na série sem saber direito onde se encaixar.

O sentimento é que as coisas estão meio travadas. Não andam. A história está sendo contada, mas está parada, conseguem entender? O que é uma pena porque tem muito potencial aí. Mas estão colocando cada vez mais gente na história, e perdendo a chance de desenvolver os excelentes personagens que já foram apresentados antes. Por exemplo, Maze só apareceu no seu episódio “solo”. Não temos muitas notícias de Linda também. E essas eram duas personagens que definitivamente mereciam aparecer mais, que fizeram diferença na primeira e segunda temporada e que parecem distantes demais nessa terceira.

Se viajarmos um pouco, podemos imaginar que Charlotte pode ser um personagem que irá tocar Lúcifer para que ele comece a tentar salvar as pessoas do inferno ao invés de mandá-las para lá, talvez? Essa foi a primeira personagem que ele pareceu mais interessado em mantê-la longe do seu antigo lar do que a enviar direto para lá. Mas essa é apenas uma teoria. Não teve nada indicando que essa bondade de Lúcifer poderia se estender para outras pessoas. Espero que tenha um bom proposito para Charlotte no arco maior da história. Mas acredito que teremos que esperar mais um episódio para descobrir como as coisas vão se desenrolar.

Até lá, você pode conferir tudo de Lúcifer bem aqui:

Imagem de perfil
sobre o autor Bia Oninawa

"Naturalmente está acontecendo dentro da sua cabeça, mas por que é que isto deveria significar que não é verdadeiro?" - Alvo Dumbledore | Twitter/ Instagram: @casamentonerd