Capa da Publicação

Krypton – Produtor explica o papel da religião na série!

Por Gus Fiaux

Com estreia marcada para 2018, Krypton irá contar a história do avô de Kal-El, apresentando mais detalhes sobre a sociedade do planeta antes de sua iminente destruição. Durante a San Diego Comic-Con 2017, o criador e showrunner da primeira temporada da série, Cameron Welsh conversou com o Comic Book a respeito de como a série deve desenvolver o cenário político de Krypton, e tocou em um assunto importante: a religião.

De acordo com Welsh, o Raoísmo – adoração de Rao, o deus-sol -, assim como nos quadrinhos, será a principal doutrina vista em Krypton. Ele continuou, dando detalhes sobre como a religião se mescla com o sistema de governo do planeta:

“O mundo de Kandor em nossa série é uma teocracia, e o clã religioso é muito poderoso. O cenário político é turbulento; há uma divisão de classes bem rígida. Temos o Distrito sem classificação e a área dos clãs, onde temos as diversas casas, como o clã religioso, o clã científico, a Casa de El e a Casa de Zod. Há divisão de classes, e parte dessa divisão vêm da religião.”

A notícia reforça o quanto a série deve permanecer fiel à representação do que conhecemos de Krypton nos quadrinhos. A religião sempre foi uma parte integral da sociedade do planeta, e já foi abordada de formas diferentes em séries e filmes como Superman: O Filme Supergirl. 

Abaixo, veja fotos dos bastidores e do elenco:

Krypton estreia em 2018.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux