Capa da Publicação

Guardiões da Galáxia Vol. 3 – James Gunn pretende quebrar algo já estabelecido nos filmes anteriores!

Por Gus Fiaux

Em um universo compartilhado, às vezes é difícil se manter fiel a tudo estabelecido em meio a tantos filmes, séries, curtas-metragens e outros projetos. James Gunn certamente sabe disso, principalmente por ser responsável por cuidar de todo o núcleo cósmico do MCU, iniciado por Guardiões da Galáxia e sua continuação. Contudo, o icônico cineasta está ciente disso, e já avisou os fãs, durante uma conferência da E3, dando pistas de algo que pode, segundo ele, “quebrar o cânone”:

Eu estou escrevendo Guardiões da Galáxia Vol. 3 e finalizei a primeira versão do roteiro ontem. Estou animado, e me sinto ótimo com isso. Mas há uma pequena coisa que eu tive no primeiro filme. O cânone da Marvel – do MCU – é louco. Existe o Universo 616, que é o universo dos quadrinhos, ao qual as pessoas se prendem no cânone, e há o Universo Cinematográfico da Marvel, que possui um cânone separado (inspirado, mas não exatamente o mesmo do 616). Eu fiz algo no primeiro filme que está no segundo plano, mas que está distintamente lá, e as pessoas sabem disso. E eu estou realmente encrencado. Pois eu tenho uma razão narrativa muito boa para quebrar o cânone, e eu passei a última noite pensando se irei ou não. Eu ainda não sei.

Logo em seguida, o cineasta deu pistas do que pode ser “quebrado” no cânone, e disse precisamente onde os fãs podem encontrar essa informação que será alterada:

Eu vou contar para vocês. No primeiro filme, na cena do fichamento pelo qual os personagens passam, a Tropa Nova fala informações sobre cada um dos personagens. São coisas que o público médio realmente não irá ver, mas há muitas informações sobre esses personagens e com quem eles já trabalharam no passado, quem eles são e de onde vieram. E é uma dessas coisas que estou pensando em mudar.

Há muitas especulações sobre o que isso pode significar. As maiores dizem respeito ao Groot e ao Rocky Racum, que são associados com outros personagens. No caso do alienígena arbóreo, há uma conexão com alguém chamado Tibius Lark, e no caso do guaxinim, fala-se de uma parceria com Lylla. Nas HQs, Lylla é uma espécie de par romântico para o personagem, e Gunn pode acabar quebrando o cânone ao apresentá-la nesse filme, sem falar do passado entre os dois personagens. Quanto a Tibius Lark, parece ser um personagem original do filme, então não haveria motivos para quebrar o cânone com ele.

Enquanto não descobrimos o que pode ser, você pode conferir abaixo algumas artes conceituais do Vol. 2:

Guardiões da Galáxia Vol. 2 chega em DVD e Blu-Ray em agosto.

Fonte: CinemaBlend

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux